Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CAMPANHA

Com estoque baixo, Hospitais se unem em campanha para doação de sangue

terça-feira, 19/05/2020, 15:46 - Atualizado em 19/05/2020, 14:46 - Autor: Com informações de assessoria


Os hospitais Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) e Oncológico Infantil Octávio Lobo, gerenciados pela Pró-Saúde na região metropolitana de Belém, promovem, a partir desta terça-feira (19), uma campanha de doação de sangue. O objetivo é aumentar o estoque da Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa), responsável por fornecer bolsas de sangue para as unidades da rede estadual de saúde.

Com a pandemia do novo coronavírus, houve uma redução drástica nas doações de sangue, impactando diretamente os hospitais, que seguem atendendo pacientes e precisam repor seus estoques de sangue. Diante deste impacto, as unidades se uniram em uma rede de apoio para a realização de uma Campanha Doação de Sangue, visando garantir o atendimento de seus pacientes. A doação é primordial dentro do atendimento assistencial para pacientes oncológicos, com traumas ou que necessitem de cirurgias com transfusões.

“Estamos pedindo para o doador de sangue a sair de casa para realizar esse ato heroico. As cidades e transportes estão mais vazios, tornando o acesso aos pontos de coleta de sangue mais seguro e confortável. A população brasileira é reconhecida por sua postura solidária e certamente dará mais este bom exemplo. Mobilizamos nossos colaboradores, convidados e toda a sociedade para participar dessa corrente de amor”, destaca Viviane Lesses, gerente de qualidade do Oncológico Infantil.

A supervisora da Agência Transfusional do Metropolitano, Larissa Mendes, ressalta que esse ato é imprescindível. “Os acidentes de trânsito ou domésticos continuam ocorrendo, pacientes oncológicos seguem em tratamento, partos acontecem a todo instante. Em todas essas situações, pode ser necessário realizar uma transfusão de sangue, por isso, precisamos manter os estoques abastecidos, para continuarmos salvando vidas”.

Regularmente, as unidades realizam campanhas mobilizando voluntários, famílias, acompanhantes, amigos e a sociedade em geral em prol de pacientes que precisam da doação. Nos últimos três anos, o HMUE e o Oncológico Infantil foram responsáveis por mais de 8 mil doações para o HEMOPA. Vale lembrar ainda que apenas uma doação pode saltar até quatro pessoas.

Mensalmente, essas unidades realizam mais de 200 transfusões de sangue cada. A Agência Transfusional do HMUE atende também o Hospital Público Estadual Galileu (HPEG), que recentemente teve o perfil alterado para atender exclusivamente pacientes com a Covid-19, e com isso, vem aumentando a demanda de transfusões.

Para dar suporte aos atendimentos transfusionais, as unidades, sob contrato de gestão com a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa), manterão a campanha durante todo o mês de maio, adotando medidas de incentivo com atividades educacionais, orientações com colaboradores, convites e mobilização pelas redes sociais. Os usuários das unidades também fazem parte da rede de apoio convidando familiares e amigos.

Onde doar?

Fundação HEMOPA - Tv. Padre Eutíquio, 2109 - Batista Campos, Belém - PA.

O doador pode dizer o código do hospital que deseja ajudar:

- Código do Hospital Oncológico Infantil: 1766;

- Código do Hospital Metropolitano: 708.

O que é preciso para doar?

- Apresentar documento oficial de identificação (identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira do conselho profissional ou habilitação);

- Ter entre 16 e 69 anos (menores de 16 anos devem estar acompanhados do responsável legal);

- Estar bem de saúde;

- Pesar 50kg ou mais.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.

Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensora gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS