Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

COLABORAÇÃO INTERNACIONAL

Governador pede apoio ao governo chinês para evitar avanço da Covid-19 no Pará 

sábado, 21/03/2020, 14:16 - Atualizado em 21/03/2020, 14:17 - Autor: DOL


Experiência chinesa no combate à pandemia pode ajudar o Pará a conter a doença
Experiência chinesa no combate à pandemia pode ajudar o Pará a conter a doença | Divulgação

O governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, anunciou, na tarde deste sábado (21), que solicitou apoio do governo chinês para aquisição de materiais médicos e sanitários para combater a pandemia do novo coronavírus, além de testes rápidos para auxiliar na detecção da doença. 

Helder pediu apoio para fornecimento de equipamentos como respiradores, testes rápidos e leitos de UTI com insumos. A ideia é fazer com que o Estado esteja mais preparado possível para lidar com a pandemia do novo coronavírus. Até a tarde deste sábado, dois casos de infecção pelo Covid-19 haviam sido confirmados em território paraense. 

O governo chinês, além de ser o principal parceiro comercial brasileiro, tem prestado apoio com consultorias e material médico, por exemplo, à Itália, país da Europa cuja população mais tem sofrido os efeitos da pandemia do Covid-19. 

Uma equipe médica de chineses desembarcou em Roma, na última semana, levando 31 toneladas de equipamentos urgentemente necessários, incluindo respiradores, roupas e máscaras de proteção e medicamentos, de acordo com informações do portal Terra.

Novas remessas de ajuda com equipamentos médicos da China já chegaram à Espanha nesta semana, e outras também são esperadas na França. 

Após um forte surto que se alastrou no país asiático desde o início do ano, a China tem consegui com sucesso administrar a pandemia, neste sábado, por exemplo, não foi registrado nenhum novo caso local da doença em território chinês.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS