Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

PRECAUÇÃO

Pará antecipa fim da temporada de cruzeiros marítimos 2019-2020

sexta-feira, 20/03/2020, 15:15 - Atualizado em 20/03/2020, 15:16 - Autor: Com informações da Ag. Pará


| Pedro Guerreiro / Ag. Pará

Por medidas de prevenção e precaução com a saúde pública, o Pará decidiu por fim as atividades de receptivo e pelo cancelamento da chegada de cruzeiros marítimos da temporada de 2019-2020 em portos do Estado. Com isso, cruzeiros que teriam Belém e/ou Santarém como rota até fim de abril não vão mais ancorar em portos paraenses. 

A decisão, agora comunicada oficialmente, aconteceu durante uma reunião, na terça-feira (17), com a presença de representantes da Secretaria de Estado de Turismo (Setur), Marinha do Brasil, Capitania dos Portos, Polícia Militar, Companhia Independente de Policiamento Turístico (Ciptur), Agência Distrital de Icoaraci, Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob), Belemtur, Grupamento Fluvial, Conselho Empresarial de Turismo e Hospitalidade (Cetur-Pa) da Fecomércio e agências de turismo receptivo. 

O Ministério da Saúde chegou a informar, na última sexta-feira (13), que a realização de cruzeiros turísticos em toda a costa do Brasil deveria ser adiada por tempo indeterminado. Entretanto, a pasta atualizou, no sábado (14), o boletim epidemiológico e retirou a suspensão dos pontos de parada de cruzeiros marítimos. No documento, o Ministério da Saúde diz que a recomendação foi “retirada para revisão e ajuste, considerando a necessidade de diferenciação entre os cruzeiros em trânsito dos cruzeiros que ainda não iniciaram”. Com isso, a autoridade de saúde local fica responsável por analisar caso a caso a liberação para cruzeiros. 

Nesta temporada, Belém recebeu os cruzeiros Volendam (07/12 e 03/03), Prinsedam (07/12),  Viking Sea (04/01 e 05/03), Amsterdam (13/01), MS Magellan (31/01) e Amera (14/03). O Hanseatic Inspiration que viria em 25 de março e 29 de abril, e ainda o Hanseatic Nature que chegaria a capital paraense nos dias 06 de abril e 10 de maio, fechando a temporada internacional de cruzeiros, foram suspensos.

Já a região do Tapajós, com Santarém e Alter do Chão, recebeu o Viking Sun (01/11), Volendam (29/11, 04/12, 06/03 e 11/03), Insignia (02/12 e 07/12), Seven Seas Mariner (24/12 e 29/12), Viking Sea (29/12 e 28/02), MS Magellan (23/01 e 28/01), Queen Victoria (02/02) e Marina (31/01 e 04/02), enquanto que Amera e Seabourn Quest que fariam paradas na região nos meses de março e abril também foram suspensos. 

O saldo final é positivo. A chegada dos transatlânticos movimentou a economia paraense, com a entrada de uma receita estimada de aproximadamente R$ 3 milhões no Estado. "Os turistas gastam, em média, de US$ 100 a 120 por dia em compra de souvenirs, artesanatos e passeios em geral”, explica o secretário de Estado de Turismo, André Dias. “Receber bem o visitante é uma característica do povo paraense. Além disso, o bom acolhimento é o primeiro passo para que o turista leve boas lembranças e volte em outra ocasião, inclusive trazendo mais pessoas", garante.

A Setur coordenou a recepção aos turistas em um trabalho articulado com outras instituições como a Secretaria de Estado de Cultura (Secult), Detran, Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), Fundação Cultural de Belém (Fumbel), Companhia Independente de Polícia Turística – CIPTUR  Polícia Militar, Prefeituras de Belém e Santarém, Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob)  e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS