Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

Notícias Pará

Pacientes realizam tatuagem em homenagem ao atendimento no Hospital Galileu

quinta-feira, 19/03/2020, 18:34 - Atualizado em 19/03/2020, 18:34 - Autor: Com informações da assessoria


| Divulgação

Em outubro de 2015, a paciente Mayara Cardoso, de 30 anos, precisou passar por um procedimento de alongamento ósseo no Hospital Estadual Público Galileu, localizado em Belém, no Pará. Ela é diagnosticada com nanismo, uma situação congênita que provoca o crescimento abaixo da média considerada normal em relação a outras pessoas de mesma idade.

Ao longo dos últimos anos, Mayara teve seu acompanhamento clínico realizado pelo ortopedista Marcus Pretti, no Galileu. Com o sucesso da cirurgia, e após recuperação, ela resolveu homenagear o profissional tatuando o seu nome em uma das pernas.

A homenagem não foi a única. Welligton Luiz, de 37 anos, sofreu um acidente de moto em 2017, que resultou em fratura na tíbia, um dos ossos da perna. Após atendimento e recuperação, o paciente tatuou o método utilizado pelo ortopedista em forma de agradecimento no mesmo local da cirurgia.

Divulgação
 

Com mais de 20 de atuação na área, o ortopedista Marcus Pretti promove um atendimento humanizado aos seus pacientes no Hospital Galileu. Esse trabalho, que promove mais dignidade e uma relação médico-paciente mais próxima, estimula a recuperação e garante a confiança no tratamento pelo paciente. Esse trabalho vem de encontro com a filosofia adotada pela Pró-Saúde, entidade filantrópica que desde 2014 gerencia o hospital, que pertence ao Governo do Pará.

Apenas em 2019, o Hospital Público Estadual Galileu realizou mais de 125 mil atendimentos, entre consultas especializadas, internações, exames, cirurgias e atendimento multiprofissional. O alcance de satisfação dos usuários chegou ao índice de 96%, que demonstra o reconhecimento dos pacientes e acompanhantes sobre o valor de uma equipe preocupada com o bem-estar humano.

A humanização marcada na pele

"Agradeço muito ao doutor Pretti e ao Hospital Galileu pelo cuidado que tiveram comigo desde o começo do meu tratamento. Sempre falei que, quando eu tirasse o aparelho que usava para o alongamento ósseo, eu faria uma tatuagem. E, antes de receber a alta, deixei meus elogios à toda equipe assistencial do hospital, como enfermeiros, técnicos, psicóloga e fisioterapeutas”, afirmou Welligton.

Na última segunda-feira, 16/3, o profissional recebeu homenagens e ganhou uma pequena festa surpresa para celebrar o seu aniversário. Pacientes, acompanhantes e colaboradores prestaram homenagens ao especialista que atua há 4 anos no Galileu e se consolidou na área de alongamento ósseo, cirurgia recomendada para a correção das distorções de tamanhos de pernas e braços.

“Foi uma surpresa irradiante o que aconteceu. Não esperava esse carinho da equipe que trabalha junto comigo, da gerência e, principalmente, dos meus pacientes. E eu só tenho a agradecer a todos os envolvidos por mais essa demonstração de carinho”, contou Marcus Pretti emocionado.

Já Mayara disse ser grata por tudo. “O doutor Pretti é um médico que não mede esforços para cuidar do seu paciente. Ele é humano, se importa com que o que a pessoa está passando, fazendo até mesmo o papel de psicólogo. Ele é quase da minha família”, declarou. 

A demonstração de carinho também passou por alguns acompanhantes, como foi o caso de Josimar Soares. Ele esteve ao lado da esposa durante os quatro meses de internação. Ela, que passou por diversas cirurgias com o ortopedista, se recupera em casa. “Não tenho o que falar do atendimento prestado pelo doutor Pretti e por toda a assistência oferecida à minha esposa aqui no hospital. Sinto, apenas, gratidão por tudo o que fizeram por ela e por mim, sabendo que estava em boas mãos desde o começo”, diz.

Além da qualidade profissional, a gestão da Pró-Saúde também atua com o objetivo de garantir a eficiência do atendimento clínico e administrativo. No período que gerência o Galileu, o hospital se tornou a primeira unidade pública de saúde de Belém a conquistar a certificação ONA 3 Acreditado com Excelência, concedido pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), uma das mais respeitadas entidades avaliadoras dos serviços de saúde do país, que atesta a qualidade do atendimento. A unidade é referência na região em ortopedia. 

Outro feito inédito foi a conquista do prêmio internacional "Health Care Climate Challenge", que avalia instituições de saúde que estão avançando em direção ao cuidado inteligente com o meio ambiente. A unidade foi uma das cinco instituições nacionais vencedoras do Desafio do Clima pela Rede Global de Hospitais Verdes e Saudáveis (Global Green and Healthy Hospitals – GGHH). O Hospital foi reconhecido na categoria de Redução de Gases do Efeito Estufa (não energia), entre 117 unidades que participaram com inscrições em todo o mundo.

| Divulgação
| Divulgação

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS