Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

PROGRAMA RECOMEÇAR

Bombeiros e Defesa Civil começam a visitar famílias atingidas pelos alagamentos

quarta-feira, 18/03/2020, 12:40 - Atualizado em 18/03/2020, 12:40 - Autor: Agência Pará


Ação visa comprovar situação de moradores que perderam bens por conta das chuvas. Eles devem receber o auxílio de um salário mínimo do Programa Recomeçar.
Ação visa comprovar situação de moradores que perderam bens por conta das chuvas. Eles devem receber o auxílio de um salário mínimo do Programa Recomeçar. | Reprodução

Nesta quarta-feira (18), equipes do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil Estadual começam a visitar as áreas atingidas pelos alagamentos na região metropolitana de Belém. São pontos anteriormente mapeados pelos órgãos, para realizar a comprovação da situação dessas famílias mediante emissão de laudo técnico e levantamento de informações. A ação faz parte do "Programa Recomeçar", que foi anunciado por meio de assinatura de decreto na segunda-feira (16), pelo governador Helder Barbalho. O programa visa auxiliar, com o valor de um salário mínimo (R$ 1.045), as famílias da região metropolitana de Belém que tiveram perdas de bens materiais móveis por conta das chuvas.

Todas as pessoas que atenderem aos requisitos estabelecidos para concessão do auxílio, serão atendidas. Esperamos que esses recursos amenizem os transtornos que essas inundações têm causado a população", afirmou o Comandante Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenador Estadual de Defesa Civil, Coronel Hayman Souza.

O cadastramento das famílias será realizado até o dia 30 de abril e as famílias podem efetuar o saque em até 6 meses. O benefício será liberado por meio do Banco do Estado do Pará (Banpará).

Para receber o benefício do "Programa Recomeçar", é necessário ter renda de até três salários mínimos, apresentar RG, CPF, comprovante de residência e, além disso, devem ser avaliadas as perdas dessas famílias para a emissão do laudo.

Para outras informações, a Defesa Civil Estadual disponibiliza o número: (91) 98899-6323.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS