Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

ALAGAMENTO

Chuva causa perdas e danos a moradores de Belém. Saiba como ajudar

Alagamentos resultam em prejuízos materiais a diversas pessoas, que precisam de doações de alimentos, roupas e itens de higiene.

quinta-feira, 12/03/2020, 18:35 - Atualizado em 12/03/2020, 18:35 - Autor: Lana Oliveira


| Reprodução

Os moradores da capital paraense estão enfrentando sérios problemas com as fortes chuvas que estão causando transtornos nas ruas da cidade e alagando residências, resultando perdas para uma grande parcela da população.

A autônoma Alda Souza, 58 anos, foi vítima dos alagamentos e está enfrentando dificuldades para trabalhar. “Eu e meu marido somos autônomos, temos um carrinho de lanches e estamos impossibilitados de trabalhar, pois a rua continua alagada e cheia de buracos. No momento, estamos nos mantendo com a ajuda de parentes para comer. E por conta da água que invadiu nossa casa, perdemos dois guarda-roupas e muitas roupas”, lamentou a moradora do Conjunto Promorar.

 

Iraci Corrêa, 54 anos, mora há 23 anos na rua Mundurucus no bairro do Guamá, próximo a um canal que transbordou e essa foi a primeira vez que ela viu a rua ficar alagada. “Isso nunca havia acontecido na minha rua, quando vi a água tomar conta da minha casa fiquei desesperada. Milha filha e eu pedimos ajuda para os vizinhos para salvar nossas coisas. Minhas compras do mês molharam e o sofá ficou encharcado”, disse.

A situação de Alda e Iraci é a mesma realidade de outras famílias que estão sofrendo com a chuva e a maré alta, em Belém, que estão precisando de doações de alimentos não perecíveis, roupas, colchões, kits de higiene, eletrodomésticos e água mineral. E para ajudar a amenizar essa situação, alguns órgãos estão recebendo arrecadações. Veja alguns pontos onde você pode fazer doações:

Defesa Civil Municipal que montou um posto de arrecadação de doações. O posto está funcionando na Aldeia Amazônica, no bairro da Pedreira. O atendimento é das 8h às 20h, nos dias da semana; e das 8h às 18h, aos finais de semana.

O clube do Remo abriu as portas da loja do Nação Azul, na sede social azulina, que fica na Avenida Nazaré para receber doações. O Nação Azul funciona de segunda a sexta-feira, de 9h às 19h. No sábado, de 9h às 12h.

O material arrecadado será entregue para as famílias que perderam bens com os alagamentos.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS