Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

FOLIA

Comércio já respira o clima de carnaval

terça-feira, 07/01/2020, 08:18 - Atualizado em 07/01/2020, 08:18 - Autor: Michelle Daniel


Com mais de um mês de antecedência, as vitrines e o interior da maioria das lojas estão personalizadas para atrair os foliões. A procura pelos acessórios ainda é pequena, mas os lojistas projetam boas vendas em breve
Com mais de um mês de antecedência, as vitrines e o interior da maioria das lojas estão personalizadas para atrair os foliões. A procura pelos acessórios ainda é pequena, mas os lojistas projetam boas vendas em breve | Wagner Santana

Brilhos, fantasias, máscaras e todo tipo de acessórios que podem ser usados no carnaval já dominam as lojas de artigos decorativos no centro comercial de Belém, à espera dos foliões. O movimento pelas ruas estreitas do comércio para essas vendas ainda é tímido, mas os comerciantes apostam em um crescimento a partir da segunda quinzena deste mês.

Com novidades, pré Carnaval de Belém já tem programação e vem promoção no DOL

Segup coordena visita técnica para realização de pré-carnaval de Belém

A vendedora Laís Araújo, por exemplo, trocou boa parte da mercadoria dos balcões da porta da loja por adereços carnavalescos. Isso já começou a atrair a clientela. “Algumas pessoas começam a parar para olhar e até comprar. E a procura maior aqui na loja épor acessórios”, declarou.

Ela afirma que os preços são variados: a partir de R$ 3 já é possível comprar um colar havaiano e sair para a folia. Laís diz que a novidade para este ano são adereços que remetem a alguns filmes infantis, como a sereia. Porém, muitos preferem montar o próprio look com muito brilho e sensualidade. “As saias de tule são bastante vendidas. Também tem aqueles acessórios que são tradicionais, como plumas, tiara de diabinho e anjinho, até máscara de gatinha, que dispensam, muitas vezes, o look completo”,acrescentou a vendedora.

Para o público masculino, máscara de gladiador, chapéu de pirata e escudo do Capitão América, são algumas das opções mais procuradas pelos brincantes.

VITRINES

Na loja da empresária Chelita Halliday, que há 32 anos atua no seguimento de acessórios e fantasias, os produtos são trocados imediatamente depois do Natal. Ela também aposta que fantasias e acessórios de sereia, Jasmine, Arlequina e A Bela e a Fera – personagens de desenhos e filmes –, também serão bem vendidos. “Aqui as pessoas encontram peças para todas as idades, desde bebê até adulto. Estamos apostando o carnaval que, apesar de ser mais cedo que o de costume, nos ajude a melhorar as vendas em comparaçãoao ano passado”, afirmou.

O estilista Rodolfo Gomes, 31, vai constantemente ao comércio em busca de produtos para as fantasias que produz para o carnaval da cidade. E quando se fala em carnaval de rua, ele afirma que consegue encontrar tudo o que precisa pelas lojas do centro comercial. “O meu trabalho é naquilo que as pessoas se divertem. E para isso, a gente usa, muitas vezes, a criatividade para seguir emfrente”, destacou o folião.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS