Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

SEU BOLSO

Conta de luz pode ficar até 20%  mais barata no Pará

domingo, 05/01/2020, 12:13 - Atualizado em 05/01/2020, 12:11 - Autor: Tiago Furtado


Desde o dia 1º de janeiro, o benefício que garante redução no valor cobrado pelas concessionárias já
vale para os consumidores. Mas atenção, pois o não cumprimento das regras pode tornar boletos mais caros
Desde o dia 1º de janeiro, o benefício que garante redução no valor cobrado pelas concessionárias já vale para os consumidores. Mas atenção, pois o não cumprimento das regras pode tornar boletos mais caros | Reprodução

Desde o primeiro dia de 2020, os consumidores, sejam eles de residências ou pequenos comércios, podem aderir a tarifa branca que promete reduzir o valor da conta de energia elétrica em até 20%. De acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), apesar de vantajoso, o consumidor precisa ter bastante cautela antes de aderir a esta modalidade, já que ela é ideal apenas para quem consome maior energia elétrica fora do horário de pico.

No Pará, a estimativa é de que mais de dois milhões de consumidores, segundo a Equatorial Energia, estejam aptos à tarifa branca, possibilitando o pagamento de valores diferentes em função da hora e dia da semana. O executivo de relacionamento com o cliente da Equatorial Energia Pará, Francisco Oliveira esclarece que a pessoa interessada em aderir à cobrança diferenciada pode entrar em contato com a concessionaria de energia por meio do site e postos de atendimentos espalhados em todo o Estado.

“O interessado deve procurar nossos canais de atendimento e teremos até 30 dias para fazer a cobrança, já que também é efetuada a troca do medidor de consumo por parte da Equatorial”, explica.

O valor da tarifa branca varia de acordo com os horários divididos na seguinte forma: ponta (de 18h30 as 21h29), intermediário (de 17h30 as 18h29 e das 21h30 às 22h29) e fora de ponta (de 22h30 as 17h29, fins de semana e feriados). O valor mais barato será para aqueles que consumirem energia elétrica no horário fora de ponta. Quem aderir à tarifa branca e tiver consumo de energia nos horários intermediários e ponta pode ver a conta ficar mais cara. Por isso o cuidado antes de aderir a esta modalidade é fundamental.

CAUTELA

“É necessário ter muita cautela. Esta modalidade não é recomendada, por exemplo, para aquela pessoa que chega após um dia de trabalho e resolver ligar diversos equipamentos eletrônicos no final da tarde e parte da noite, quando o consumo de energia elétrica é maior. Se a pessoa conseguir se adequar, a economia pode alcançar os 20%”, completa Francisco Oliveira.

Ele informou que os clientes paraenses possuem uma plataforma para saber se tem o perfil adequado para aderir à tarifa branca, por meio do site da Equatorial.

O consumidor que esteja na tarifa branca poderá optar pelo retorno à tarifa convencional. A concessionária de energia terá até 30 dias para readequar a cobrança. Depois disso, caso o consumidor queira retornar ao benefício novo, precisará esperar por uma carência de 180 dias. Outro público que não é recomendável aderir a tarifa, segundo o executivo da Equatorial Energia, é o de baixa renda que possui tarifa social. Os descontos para este público podem ser de 10% a até 65% na conta de energia elétrica.

 

Horários no Pará

- Horário Ponta

Entre 18h30 e 21h29

Horários de consumo mais caros para quem optar pela tarifa branca.

- Horário Intermediário

Entre 17h30 às 18h29; 21h30 às 22h29

Horários de consumo mais caros para quem optar pela tarifa branca.

- Horário Fora Ponta

22h30 às 17h29; fins de semana e feriados nacionais.

Horários de consumo mais baratos para quem optar pela tarifa branca.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS