Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

DENÚNCIA

Internauta denuncia desabamento de forro e alagamento na Casa Dia em Belém

sexta-feira, 03/01/2020, 21:32 - Atualizado em 04/01/2020, 13:28 - Autor: Diario Online


Parte do forro da Casa Dia desabou com a chuva de hoje
Parte do forro da Casa Dia desabou com a chuva de hoje | Reprodução

Após uma forte chuva, ocorrida durante a tarde desta sexta-feira (3), em Belém, um registro feito dentro do prédio da Casa Dia, e que circulou nas redes sociais, mostra as péssimas condições do local. No vídeo, uma mulher mostra o estabelecimento alagado e com uma parte do forro caído em cima dos leitos.

"Que horror! olha as condições dos leitos, cheio d'água. Como é que você vai atender uma pessoa com o leito nessas condições?", questiona a mulher que fez as imagens.

"Eu sei que Belém é abaixo do nível do mar, mas pelo amor de Deus, como é que a gente vai ter um atendimento, vai ficar bem, vendo essas condições?" disse. 

A Casa Dia atende pessoas portadoras do vírus HIV que são tratados dentro da rede municipal de saúde na capital paraense.. É um órgão ligado à prefeitura da cidade.

Após o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) detectar se o paciente é portador ou não do vírus. Caso o resultado seja positivo, o portador do HIV é matriculado automaticamente na Casa Dia com o intuito de receber os medicamentos necessários para controlar a doença e fazer um acompanhamento médico e psicológico.

Conforme é possível observar na gravação, a mulher cobra do secretário de saúde e do prefeito de Belém, melhorias para as pessoas.

"Secretário, prefeito, por favor, melhorem a qualidade de vida dessas pessoas.

RESPOSTA

A Secretaria Municipal de Saúde informou que já acionou a empresa de manutenção para fazer os reparos no Casa Dia em função dos transtornos causados pelas chuvas intensas.

A Secretaria ressalta que recentemente o Casa Dia passou por serviços de manutenção predial, com melhorias na estrutura.

ALERTA

Um vídeo que circula nas redes sociais apresenta a situação no local. No entanto, acaba também mostrando duas pessoas internadas no local. Vale lembrar que  o sigilo da imagem delas é garantido pela Lei n° 7658/14 e infelizmente o vídeo viola esse direito dessas duas pessoas que aparecem. Quem filmou e compartilhou pode responder judicialmente.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS