Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

TRANSPORTE

BRT funciona de forma precária e continua sendo alvo de reclamações

segunda-feira, 02/12/2019, 09:45 - Atualizado em 02/12/2019, 09:45 - Autor: Cintia Magno/Diário do Pará


| Mauro Ângelo/Diário do Pará

Estação de São Brás estava fechada no sábado e servia de dormitório para algumas pessoas. Em outros pontos, muitos flagrantes de imprudência

Apresentado como um modelo que contribuiria para a solução da infraestrutura de transporte em Belém, o BRT ainda opera em caráter experimental. Ao longo do percurso da pista exclusiva para os ônibus do sistema, o que se vê são algumas estações ainda sem uso e irregularidades adotadas pelos condutores no trânsito.

Ao lado do Terminal de São Brás, um dos pontos de interligação entre as linhas que operarão em conjunto com o BRT, a Estação de São Brás seguia fechada na manhã de sábado (30). Sem uso, a estrutura servia apenas como local de dormida para pessoas em situação de rua.

Mesmo com o fluxo de ônibus que já circulavam pela pista do BRT, dois homens dormiam na estreita plataforma da Estação São Brás que, quando em funcionamento, servirá para garantir a passagem dos pedestres da área interna da estação para o veículo.

Diante do não funcionamento do sistema em sua integralidade, o arquiteto Adam Manfredi, 29 anos, acredita que o poder público, até hoje, não conseguiu chegar a um acordo para colocar a integração em prática. “Eu acredito que essa situação é uma questão que passa pela dificuldade em conseguir colocar em prática um plano único de transporte público que seja realmente integrado”.

Mauro Ângelo/Diário do Pará
 

Enquanto a integração não ocorre de forma definitiva, a população conta com a circulação de alguns ônibus articulados do BRT e, mais recentemente, com duas linhas de ônibus chamadas de linha troncal, que operam em caráter experimental. Ainda no sábado, os ônibus troncais circulavam repletos de passageiros e com as janelas abertas, sem ar-condicionado, diferente do prometido ainda no início da implantação do projeto.

Contemplada na fase mais recente das obras, a avenida Augusto Montenegro ainda apresentava problemas com relação à circulação dos veículos. Às proximidades da Estação Maguari, os motoristas têm utilizado a contramão para fazer o retorno.

Sinalização

De acordo com a sinalização horizontal da pista, o retorno é destinado aos motoristas que seguem no sentido Belém-Icoaraci, porém, na manhã de sábado, era possível ver vários condutores que vinham no sentido Icoaraci-Belém utilizando o retorno na contramão.

Habituado a trabalhar nas proximidades, o autônomo Guilherme Alves, 56 anos, conta que já presenciou acidentes no local em decorrência da utilização irregular do retorno. “Às vezes a gente vê carro se batendo nesse retorno por causa dessa situação”. Ao percorrer a Augusto Montenegro, é possível observar que o retorno destinado aos veículos que seguem no sentido Icoaraci-Belém é o localizado em frente à sede de uma concessionária de energia.

BRT

Troncal - Os ônibus da linha troncal têm capacidade para 83 passageiros, com portas dos dois lados que permitem o embarque e desembarque, não só nas paradas comuns, como também nos terminais e estações BRT, segundo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob).

Estações - Na manhã do último sábado, foi possível verificar que seguiam em funcionamento o Terminal Maracacuera, as estações Maguari e José Homobono, o Terminal do Tapanã, as estações Sideral, Morada do Sol, Parque Shopping Belém, Templo do Centenário e Marambaia, na avenida Augusto Montenegro. Na Almirante Barroso, funcionavam as estações Tuna Luso Brasileira, Júlio César, Bosque, Mauriti, Humaitá, Curuzu e o Terminal São Brás. A Estação Tavares Bastos funcionava apenas no sentido Belém-Entroncamento. A Estação São Brás não estava funcionando.

Resposta

A Prefeitura de Belém afirma que a Augusto Montenegro recebe rondas constantes da Semob e sempre que algum problema de trânsito é detectado na área, como retorno irregular, desrespeito à sinalização, avanço de sinal, entre outros, os agentes adotam os procedimentos previstos pela legislação. A Semob lembra que todo condutor habilitado tem conhecimento de que as regras determinadas pelo Código de Trânsito Brasileiro devem ser seguidas, independente ou não da presença dos agentes de trânsito no local.

A respeito da estação do BRT em São Brás, a Prefeitura diz que ela está passando por ajustes operacionais para começar a funcionar.

Segundo a nota, a Fundação Papa João XXIII (Funpapa) realiza abordagem na área citada, com educadores sociais realizando o trabalho com o objetivo de sensibilizar e convencer o morador em situação de rua a aceitar atendimento especializado.

| Mauro Ângelo/Diário do Pará
| Mauro Ângelo/Diário do Pará
| Mauro Ângelo/Diário do Pará

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS