Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

PREMIAÇÃO

Prêmio Agropará incentiva o trabalho do produtor do campo no Pará

quinta-feira, 28/11/2019, 08:25 - Atualizado em 28/11/2019, 08:25 - Autor: Tiago Furtado


Gilmar Tavares trabalha com a criação de ovelhas no município de Castanhal
Gilmar Tavares trabalha com a criação de ovelhas no município de Castanhal | Reprodução

O anúncio dos indicados ao Prêmio Agropará trouxe surpresa e satisfação aos produtores indicados, já que a premiação do DIÁRIO, que chega à sua 5ª edição, reconhece as melhores práticas do campo e valoriza o trabalho dos produtores rurais, em suas 19 categorias de premiação, distribuídas pelos setores produtivos de todo o Estado. A premiação ocorre no dia 4 de dezembro, no auditório da Fiepa.

Um dos concorrentes é Darcísio Quanz. Ele administra a Piscicultura Quanz, no município de Uruará, localizado na rodovia Transamazônica, entre os municípios de Altamira e Itaituba. Para ele a notícia com a indicação ao prêmio foi uma surpresa, mas recebida com enorme felicidade. Formado como técnico em Agropecuária no município de Ponta Grossa, no Paraná, ele veio ao Pará ainda na década de 90 em busca de oportunidades de trabalho. Ele concorre na categoria “Aquicultura” no Agropará.

“Trabalho em um lugar bem distante da capital e estou honrado pelo reconhecimento. É importante porque valoriza meu trabalho já que estou desde os anos 90 trabalhando com piscicultura, uma área que ninguém acreditava, mesmo com muito peixe na região”, afirma. Sua piscicultura possui uma vasta criação de peixes, como tambaqui tambatinga, pirarucue surubim. “Tenho o Pará com uma paixão e digo que é o melhor lugar do mundo para se viver. Eu vim atrás de trabalho e emprego como técnico recém-formado, principalmente na Transamazônica, que sempre foi o meu sonho conhecer. Aqui consegui tudo o que tenho”, completou.

OVELHAS

Concorrendo na categoria Ovinocultura e Suinocultura, Gilmar Tavares Oliveira é dono da Agropecuária Real, localizado a 30 quilômetros do município de Castanhal, e trabalha com a criação de ovelhas da raça Santa Inês, para produção de carne e exposições em feiras agropecuárias pelo Pará há 10 anos. “O Prêmio Agropará é o reconhecimento de um trabalho que, sem falsa modéstia, não me causa surpresa. Hoje, no estado do Pará, sou o único que faz essa seleção (ovinocultura) então eu vejo isso como reconhecimento de um trabalho que não começou ontem”, afirmou.

Formada pela Escola Agrotécnica Federal de Castanhal (atual Instituto Federal do Pará) como técnico em agropecuária, já trabalhou na área em São Paulo e até mesmo fora do país. Após tanto tempo adquirindo experiência, resolveu investir na própria criação. “Levo minha vida tranquila, vim para a roça vivenciar de perto o trabalho que realizo. A gente tem que vivenciar, fazer contatos e interagir com as pessoas da região. Apenas assim você consegue fazer a diferença na agropecuária”, explica.

Diário do Pará
 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS