Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

RELIGIÃO

Círio de Nossa Senhora das Graças leva 150 mil para as ruas de Icoaraci

segunda-feira, 25/11/2019, 07:38 - Atualizado em 25/11/2019, 07:44 - Autor: Alexandra Cavalcanti


Na chegada, imagem é saudada pelos devotos
Na chegada, imagem é saudada pelos devotos | Ricardo Amanajás/Diário do Pará

A manhã de domingo (24) foi de intensa devoção e fé para os moradores do distrito de Icoaraci, que celebraram a 67ª edição do Círio de Nossa Senhora das Graças. Este ano, o tema escolhido foi “Maria Aurora e Esplendor da Igreja”, que celebra os 300 anos da criação da Diocese de Belém. Cerca de 150 mil pessoas participaram da celebração, que teve início por volta das 7h, com uma missa na Igreja de São Sebastião, na Orla do Cruzeiro, celebrada pelo padre Agostinho Cruz.

Logo após a celebração, por volta das 8h, a imagem foi colocada na berlinda e seguiu em procissão pelas principais ruas do distrito, passando pela rua Siqueira Mendes (1° Rua), avenida Lopo de Castro, rua Manoel Barata (2° Rua), travessa dos Berredos, rua Cel. Juvêncio Sarmento (5° Rua), avenida Lopo de Castro, rua Pe. Júlio Maria (3° Rua) até a Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças, onde foi celebrada uma missa pelo arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira. Por onde passava, a Santa era recebida com aplausos e fogos.

Na chegada, imagem é saudada pelos devotos
Na chegada, imagem é saudada pelos devotos Ricardo Amanajás/Diário do Pará
 


O momento foi de comunhão e agradecimentos para a padroeira. Há mais de duas décadas, o aposentado Zózimo de Assis acompanha a missa que antecede o Círio do Distrito, sempre para agradecer por uma graça alcançada. “Quando eu ainda era solteiro, sofri uma queda e acabei contraindo tétano. Fiquei por mais de 20 dias em uma área de isolamento do hospital. Foram momentos muito difíceis, mas por intercessão de Nossa Senhora das Graças, consegui me curar e hoje estou aqui. Desde então, todos os anos venho até aqui agradecer. Já não posso acompanhar até o final, mas faço questão de estar presente”, contou ele, que segurava um joelho de cera em agradecimento.

CORDA

A família da agente de saúde Leide Soares estava pela primeira vez participando do Círio de Icoaraci. Ela, o marido, o agricultor Ailton Teixeira e a filha Alice Monteiro vieram do município de Igarapé-Miri para conhecer a festividade. “Nunca tinha vindo antes. Em minha cidade também tem Círio, mas tinha muita vontade de conhecer o daqui. Estou achando tudo muito bonito, muito especial. É uma demonstração de fé muito emocionante”, opinou.

Um dos principais símbolos da festividade, a corda dos romeiros contou este ano com 200 metros de comprimento. Há duas décadas, o açougueiro Roberto Nogueira participa do círio na corda, como forma de agradecer pelas bênçãos em sua vida. “Já recebi muitas graças por intermédio dela. Por isso, todo sacrifício é válido para homenagear a nossa padroeira”, justificou o fiel.

FESTIVIDADE

A procissão do domingo abriu a Quinzena de Festividade Círio do Distrito de Icoaraci, para a qual estão programadas adoração, sempre às 19h, e missa diariamente às 19h30. Além da procissão principal, o Círio de Icoaraci também conta com outras procissões em homenagem à Nossa Senhora das Graças. No dia 30 deste mês, está programada a 14ª Caminhada da Juventude, além do 27º Círio das Crianças, que terá uma missa celebrada por D. Irineu Roman. No dia 8 de dezembro, ocorrerá ainda uma das mais novas procissões, a II Ciclorromaria de Nossa Senhora das Graças. O encerramento da Quinzena do Círio de Icoaraci será no dia 9/12, quando haverá uma missa às 19h, celebrada pelo pároco Agostinho Cruz, seguida de uma procissão luminosa que conduzirá a imagem da Paroquia de São João Batista e Nossa Senhora das Graças, até a capela do Colégio Nossa Senhora de Lurdes, encerrando a festividade.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS