Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

RELIGIÃO

Círio deve reunir cerca de 150 mil devotos nas ruas de Icoaraci

domingo, 24/11/2019, 07:31 - Atualizado em 24/11/2019, 08:09 - Autor: Alexandra Cavalcanti


Círio de Nossa Senhora das Graças é realizado na manhã deste domingo na Vila Sorriso
Círio de Nossa Senhora das Graças é realizado na manhã deste domingo na Vila Sorriso | Arquivo/Ag. Belém

Neste domingo (24), é realizada a 67ª edição do Círio de Nossa Senhora das Graças. A estimativa é de que cerca de 150 mil pessoas participem da procissão pelas principais ruas de Icoaraci, distrito de Belém. A saída está marcada para às 8h da manhã, da Igreja de São Sebastião, na Orla do Cruzeiro e chegada na Paróquia de São João Batista e Nossa Senhora das Graças, em um percurso de quatro quilômetros e meio e duração prevista de cerca de três horas. Este ano, o tema é “Maria Aurora e Esplendor da Igreja”, que celebra os 300 anos da criação da Diocese de Belém.

A programação deste domingo será iniciada com a Missa da Saída do Círio, na Igreja de São Sebastião, às 7h. Logo em seguida, a procissão com a imagem de Nossa Senhora das Graças seguirá pela Siqueira Mendes (1° Rua), Lopo de Castro, Manoel Barata (2° Rua), Trav. dos Berredos, Rua Cel. Juvêncio Sarmento (5° Rua), Lopo de Castro, Rua Pe. Júlio Maria (3° Rua) até a Paróquia São João Batista e Nossa Senhora das Graças. “Na chegada haverá a celebração de uma missa pelo arcebispo de Belém, D. Alberto Taveira”, destacou o pároco da Igreja de São João Batista e Nossa Senhora das Graças, Agostinho Cruz.

A procissão abre a Quinzena de Festividade Círio do Distrito de Icoaraci. “Durante 15 dias teremos uma programação que contará com adoração sempre às 19h e missa diariamente às 19h30”, detalha o padre.

Além da procissão principal, o Círio de Icoaraci também conta com outras procissões em homenagem a Nossa Senhora das Graças. “No dia 30 deste mês, teremos a 14ª Caminhada da Juventude, que vem se firmando a cada ano; além do 27º Círio das Crianças, quando a imagem dá uma volta em torno da igreja e no final ocorrerá uma missa celebrada por D. Irineu Roman”, explica o pároco. No dia 8 de dezembro, ocorrerá ainda uma das mais novas romarias, a II Ciclorromaria de Nossa Senhora das Graças.

QUINZENA

O encerramento da Quinzena do Círio de Icoaraci será no dia 9 de dezembro. “Teremos uma missa às 19h, celebrada por mim e, em seguida, haverá uma procissão luminosa que conduzirá a imagem da Paróquia de São João Batista e Nossa Senhora das Graças, até a capela do Colégio Nossa Senhora de Lurdes”, afirma.

Este ano, o pároco ressalta que a palavra que irá conduzir as festividades será “confiança”. “Estamos vivendo tempos difíceis, em vários aspectos, um período de instabilidade, própria desse mundo, mas que acaba se refletindo nas famílias. Por isso, a mensagem deste Círio é a de que as pessoas não desistam, que tenham confiança, para que possam perseverar, sempre confiando em Deus, não se desesperando diante das adversidades”, diz.

Ele destaca que as pessoas devem cada vez mais tentar procurar seguir o exemplo de Maria, que aparece na Igreja Católica com vários nomes, entre eles, Nossa Senhora das Graças. “A devoção e o amor para com Nossa Senhora se estende de uma ponta a outra de nossa Arquidiocese, revelando esse traço tão mariano da Igreja, pois na verdade, Maria é a aurora e o esplendor da igreja triunfante”.

O pároco Agostinho Cruz destaca o fato de, a cada ano, o Círio estar se expandindo. “Vemos que não só os moradores de Icoaraci participam da procissão, assim como as pessoas que frequentam as cerca de 20 paróquias próximas, de bairros como Bengui, Mangueirão, Pratinha e outros”.

Homenagens

l No percurso, serão realizadas muitas homenagens. Uma das mais tradicionais é organizada pela Associação Nossa Senhora das Graças, na 5ª Rua, que ocorre há 23 anos. “Começou com meu avô, Reinaldo Mendes Tavares, já falecido. Antes de morrer, ele pediu aos netos que não deixassem essa tradição morrer”, relembra Rosinaldo Mendes, um dos principais responsáveis pela homenagem, juntamente com seu irmão, Ricardo Mendes. “Promovemos duas festas para angariar fundos para que a Associação pudesse prestar essa homenagem”, diz. A homenagem será composta de fogos de artifício, arcos ao longo do quarteirão da associação, com iluminação de led, palco com banda de música, além de bandeirinhas.

l A comerciante Betânia Campos afirma ser devota de Nossa Senhora das Graças desde criança. “Sempre fui muito fiel a ela, faço todos os dias as minhas orações porque acredito que sem essa fé não temos como viver nos dias de hoje”, diz.

Para retribuir as graças alcançadas ao longo de sua vida, a comerciante conta que irá distribuir água durante a procissão principal. “Ano passado foram 20 pacotes de 24 copinhos de água. Este ano, pretendo fazer uma doação ainda maior”, diz.

l O autônomo Rildo Mendes também é devoto de Nossa Senhora das Graças e todos os anos faz questão de participar das homenagens. “Este ano, enfeitamos a rua com bandeirinhas brancas, simbolizando a paz que tanto precisamos. Escolhemos essa cor, apesar de a oficial ser o rosa e o azul este ano, mas queríamos destacar essa necessidade de paz aqui para o nosso distrito”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS