Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

PRIORIDADES?

Asfalto na Almirante Barroso é questionado por motoristas

terça-feira, 19/11/2019, 07:35 - Atualizado em 19/11/2019, 07:38 - Autor: Tiago Furtado


O desnível na pista pode ser encontrado em alguns pontos da principal avenida da capital paraense
O desnível na pista pode ser encontrado em alguns pontos da principal avenida da capital paraense | Ricardo Amanajás/Diário do Pará

A Prefeitura de Belém iniciou no último dia 11 um projeto de recuperação asfáltica da avenida Almirante Barroso. A ação inclui recapeamento asfáltico, fresagem, nivelamento e sinalização e deve durar pelo menos 60 dias. Com um orçamento de R$ 13.059.184,22, a obra levanta dúvidas da população, que questiona se era mesmo necessária esta recuperação asfáltica em uma via que não apresenta buracos, enquanto outras vias, principalmente da periferia,encontram-se esburacadas.

Quem passa atualmente na Almirante Barroso, no sentido Entroncamento, encontra um desnível na pista e o novo asfalto aplicado, até o momento, está em apenas metade da pista. O taxista José Arthur trabalha há quatro anos em um ponto localizado próximo ao Terminal Rodoviário de Belém e questiona o motivo da obra. “Não tem nenhum buraco aqui. Tem tanta rua que precisa de asfalto urgente. Moro no Guamá e lá tem as ruas Silva Castro e Augusto Correa que precisam. Tem lugar que nem moto quer entrar por tanto buraco que existe”, disse.

Na edição do último sábado (16), o DIÁRIO mostrou a situação da passagem Jarbas Passarinho, no bairro do Una, onde os moradores alegaram que a via nunca recebeu qualquer tipo de pavimentação asfáltica. Motoristas e pedestres precisam de habilidadepara desviar das crateras.

Outras vias da cidade também sofrem com buracos que precisam ser sinalizados pelos próprios moradores. Na travessa Barão do Triunfo, próximo a Visconde de Inhaúma, um buraco foi sinalizado de forma improvisada para evitar acidentes. O técnico em eletrônica, Lessa Souza, 53, afirmou que é preciso ter mais critério para saber quais os locais que precisam de asfalto de forma urgente. “Realmente existe a necessidade de fazer esse serviço ali? Tem muitas vias de Belém que merecemser vistas de forma melhor e precisam de asfalto e outros investimentos”, disse.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan) informou que “a Almirante Barroso está recebendo serviço de recapeamento asfáltico desde a semana passada no período noturno. O serviço vai atender mais de 10 km de asfalto nos dois sentidos. Além da Almirante, diversas vias estão recebendo ações de pavimentação, como a avenida Antonio Everdosa, na Pedreira; travessa 14 de Março, no Umarizal; Avenida Principal do conjunto Panorama XXI, na Marambaia; rua São Pedro, no Sideral; Vila Farah, em São Brás, e passagem Ligação, na Terra Firme. As vias de áreas mais periféricas também estão sendo atendidas, como passagem Jacob, no Jurunas, Damasco, na Cabanagem, além da rua da Paz, no Coqueiro”.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS