Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

AVANÇOS

Governador cumpre agenda em Brasília para reforçar a educação paraense

quinta-feira, 07/11/2019, 08:30 - Atualizado em 07/11/2019, 08:32 - Autor: Luiza Mello/De Brasília


Governador Helder Barbalho e a secretária Leila Freire participaram de reuniões em Brasília.
Governador Helder Barbalho e a secretária Leila Freire participaram de reuniões em Brasília. | Jailson Sam/Divulgação

Melhorias para a educação no Estado do Pará foram o foco da agenda do governador Helder Barbalho, em Brasília, ontem. Acompanhado da secretária de estado de Educação, o governador se reuniu com representantes do Ministério da Economia, apresentando o plano de ação com vistas na manutenção de financiamentos internacionais; e do Banco Central do Brasil (Bacen), para a implantação de um projeto piloto de educação financeira que beneficiará 108 municípios.

Durante a manhã, os projetos educacionais realizados no Pará foram explanados pelo governador para o coordenador geral de Financiamentos Externos, Marcus Barreto, o subsecretário de Financiamento ao Desenvolvimento e Mercados Internacionais, Carlos Eduardo Lambert Costa e o secretário do Ministério de Economia, Erivaldo Gomes.

PROJETOS

Helder Barbalho apresentou à equipe as ações na área de educação, entre as quais o ‘Movimento Educa Pará’, lançado no mês de julho, todos eles financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento. “É um momento muito importante porque vamos dar prosseguimento à parceria com o BID, que está em fase de execução final. A ideia é que, no momento em que estamos encerrando a primeira parceria com o Banco, já iniciemos a segunda na parte do projeto, já que temos muito o que fazer nesta área que precisa ser priorizada no Pará”, destacou o governador.

A nova etapa do projeto, também financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, será firmada no valor de R$ 200 milhões. E é com recursos financiados pelo BID que o governador Helder está garantindo obras de reforma e construção de novas escolas por todo o Pará. Ele conseguiu recuperar contrato assinado pelo governo anterior, em 2013, mas não executado que prevê 89 obras em escolas estaduais.

“Nosso objetivo é virar a página da educação precária que tem sido a realidade do nosso Estado por tantos anos para que possamos, com escolas adequadas, iniciar um novo ciclo, e, com investimento em educação, melhorar os índices e a qualidade da educação no Pará”, concluiu.

Segundo a secretária Leila Freire, as ações estão alinhadas às estratégias federais e englobam eixos como modernização das políticas educacionais; incorporação de práticas inovadoras na gestão; e aperfeiçoamento dos servidores. “Priorizamos a qualidade da educação que perpassa também pela infraestrutura física das escolas atrelada aos recursos humanos. Trouxemos outros diferenciais, como o olhar amazônico para nossas práticas. É o caso das ‘Ecoparque Escolas’, que consideram a adequação do aprendizado dos alunos alinhada ao arranjo produtivo local em que estão inseridos, por exemplo”, explicou.

Helder firma acordo para lançar projeto piloto

À tarde, Helder Barbalho firmou acordo com o Banco Central para implantar no Estado um projeto piloto de educação financeira. O termo de cooperação técnica deve ser assinado até dezembro e não prevê repasse financeiro ou ônus para o Estado. A Seduc disponibilizará os espaços de aprendizado e o Bacen entrará com o material e a formação dos educadores.

Com previsão de início no próximo ano letivo, a partir de fevereiro, o projeto beneficiará inicialmente 108 escolas públicas estaduais e municipais.

O Programa será desenvolvido até 2022 com o alcance de cinco metas: realização de pesquisa com gestores escolares e professores; desenvolvimento de recursos educacionais; criação e manutenção da plataforma de gestão, monitoramento e desenvolvimento profissional; avaliação de aprendizagem e avaliação de impacto.


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS