Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

22 ANOS DE CADEIA

Justiça paraense condena homem que matou namorada após ela recusar sexo

quarta-feira, 06/11/2019, 22:38 - Atualizado em 06/11/2019, 22:44 - Autor: Diário Online


| Reprodução TJPA

Jefferson João dos Anjos Ferreira, o homem que matou sua companheira em 2018 porque ela se recusou a fazer sexo com ele, foi condenado pelo Tribunal do Júri de Belém, nesta terça-feira, a 22 anos de prisão em regime fechado.

Jefferson, de 35 anos, era companheiro de Rita de Cássia Nunes Paixão. A vítima sofria com dores no útero e não podia manter relações sexuais com frequência. Inconformado e alcoolizado, Jefferson assassinou Rita com uma faca.

A acusação sustentou esta versão, de que o assassino matou a ex-companheira depois que ela se negou a manter relações sexuais. A defesa argumentou que Jefferson agiu em legítima defesa, após ser supostamente atacado por Rita, versão considerada insustentável pelo Júri.

Jefferson foi direto para o presídio após o julgamento.

 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS