Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

SEGURANÇA

Registros de homicídios caíram 43% no Pará mês passado

quarta-feira, 06/11/2019, 07:30 - Atualizado em 06/11/2019, 08:05 - Autor: Tiago Furtado


Os números foram apresentados pela Segup em entrevista coletiva concedida para a imprensa
Os números foram apresentados pela Segup em entrevista coletiva concedida para a imprensa | Ney Marcondes

Há mais de 30 dias que 60 municípios paraenses não registram nenhum crime violento. O número representa 44% das cidades do Estado, segundo dados apresentados em coletiva, na manhã de ontem, pela Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), que divulgou também os demais índices de criminalidade de outubro de 2019. Entre os municípios que se destacam e não registraram ocorrências do tipo estão Palestina do Pará, com 288 dias; Tracuateua (104 dias); Rurópolis (130 dias); Santa Luzia do Pará (85 dias) e Benevides (71 dias). Além disso, Chaves, no Marajó, está há mais de 700 dias sem registro de homicídios. Houve também queda de 43% nos casos de homicídios registrados no Estado de 1º a 31 de outubro, em comparação com o mesmo período de 2018. Esses números representam a preservação de 142 vidas, de acordo com a Segup, já que significa a redução de 330 mortes no período, em 2018, para 188 ocorrências este ano. É a maior redução registrada em casos de homicídios para o período desde 2010.

O secretário de Segurança Pública, Ualame Machado, também destacou que, comparando todos os meses de 2018 com 2019, já foram preservadas mil vidas em todo o Pará. No comparativo dos números acumulados de 1º de janeiro a 31 de outubro de 2018 e 2019, os registros de homicídio também caíram em 29% no Estado. “Acreditamos que estamos no caminho correto, mas muito ainda precisa ser feito e continuamos trabalhando para atingir outras metas traçadas. Várias ações estão sendo estabelecidas, a principal delas é a integração dos órgãos que compõem o sistema de segurança. Esse é o principal fator de redução”, explicou.

GRANDE BELÉM

A Polícia Militar apresentou dados detalhados de homicídios registrados nos bairros da Região Metropolitana de Belém, com redução de 53% deste tipo de crime no período de 1º de janeiro a 31 de outubro de 2019. Entre os locais que apresentaram maior redução estão os bairros da Marambaia com 72%; Curuçambá (74%); o município de Marituba com 68%; além dos bairros do Icuí-Guajará, com 62%; e Jurunas (61%).

Ainda na coletiva foi revelada a redução de 42% no número de crimes violentos letais intencionais em outubro. Essas ocorrências englobam homicídio, latrocínio e lesão corporal seguida de morte. Em 2018, na mesma época, foram 339 ocorrências registradas, contra 198 este ano. “Estamos com várias operações que desde janeiro estão sendo implementadas, com o efetivo nas ruas e uma repressão qualificada para que a população possa perceber que não vigora mais aquela sensação de impunidade”, completou Ualame Machado.

Os crimes de feminicídio registraram uma queda de 38% no número de ocorrências. Em 2018, de janeiro a outubro, foram 56, e este ano, no mesmo período, 35.

Segundo o diretor geral de operações da Polícia Militar, coronel Dantas, a parceria dos órgãos de segurança com a população, por meio de denúncias, é uma das principais causas da redução dos índices. “Através do reforço de policiamento estamos conseguindo baixar estes índices em todas as cidades. Em Belém conseguimos colocar 24 viaturas em pontos sensíveis e através de instrumentos como o 181 (disque-denúncia) a população tem colaborado com a ação da secretaria de segurança pública e isso vem dando muito resultado”.

Nos casos de roubos, apenas em outubro, houve uma redução de 21%, com 1.779 casos registrados a menos que em 2018. Os dados da Segup apontam que 8.355 ocorrências foram registradas ao longo de 2018, contra 6.576 este ano. Este também é o menor registro de redução de roubos, comparando todos os meses de outubro e os demais meses do ano desde 2010.

No caso de roubos a pessoas que se deslocam a pé, de janeiro a outubro, em todo o Estado, tiveram redução de 23%, mantendo os índices de queda nesse tipo de crime no Pará. Em 2018 foram registrados 76.558 casos. De janeiro a outubro deste ano, foram 58.685 casos. Para garantir esta redução, a Polícia Militar realizou 123.264 abordagens, 16.724 vistorias em veículos, 44.378 vistorias em motos e outras 104 em embarcações.

 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS