Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CULINÁRIA

Restaurantes curtem sucesso com o Estrela Azul

terça-feira, 05/11/2019, 08:52 - Atualizado em 05/11/2019, 08:52 - Autor: Thiago Furtado


Pratos do festival gastronômico promovido pelo DIÁRIO estão entre os mais pedidos pelos clientes nos 31 estabelecimentos do evento. Brasileirinho aposta em filhote, enquanto a Cia Paulista vai de medalhão de filé
Pratos do festival gastronômico promovido pelo DIÁRIO estão entre os mais pedidos pelos clientes nos 31 estabelecimentos do evento. Brasileirinho aposta em filhote, enquanto a Cia Paulista vai de medalhão de filé | Ney Marcondes

Quem passa pelo restaurante Brasileirinho, localizado na travessa Rui Barbosa, no bairro de Batista Campos, em Belém, já deve ter notado um movimento intenso e mesas quase todas lotadas. São muitos clientes que procuram os pratos ofertados pelo estabelecimento no Festival Gastronômico Estrela Azul, promovido pelo DIÁRIO, que chega a mais um dia com excelente retorno aos restaurantes e satisfação do público.

Ontem, o empresário Victor Flexa, 31, que já é cliente regular da casa, resolveu pedir o cardápio do Estrela Azul. “Um prato muito bom, com todos os ingredientes de primeira. Como sempre venho aqui e peço o mesmo prato, hoje o garçom deu como sugestão o prato do Estrela Azul, resolvi escolher e gostei. E com um valor que compensa bastante”, aprovou.

O restaurante é um dos 31 estabelecimentos que oferecem até o dia 17 deste mês cardápios exclusivos, compostos por entrada, prato principal e sobremesa aum preço fixo de R$ 59,90.

O menu do Brasileirinho vem com ostra gratinada como entrada; filhote ao escabeche com baião de Santarém como prato principal; e finaliza com uma sobremesa de palha italiana.

Para Armando Barros, do Brasileirinho, o feedback dos clientes tem sido o melhor possível. “As pessoas tem elogiado nossa proposta e acredito que estamos no caminho certo até mesmo para conquistar novos clientes. O movimento no restaurante sempre aumenta nessa época de Estrela Azul e não temos doque reclamar da iniciativa do DIÁRIO”, reconheceu.

Por R$ 59,90, os consumidores podem saborear um cardápio exclusivo com entrada, prato principal e sobremesa nos restaurantes
Por R$ 59,90, os consumidores podem saborear um cardápio exclusivo com entrada, prato principal e sobremesa nos restaurantes Ney Marcondes
 

CIA PAULISTA

Já na Cia Paulista Gourmet, os interessados têm à disposição no cardápio do Estrela Azul uma berinjela à parmegiana de entrada; medalhão de filé mignon com risoto de requeijão de búfala e batata chip de prato principal; e um mini browniede chocolate de sobremesa.

O chefe do salão da Cia Paulista, Antônio dos Santos, atua na empresa há nove anos e ainda se surpreende com o aumento no número de clientes durante o festival. “Todos os anos a procura nos surpreende. Tem dias em que saem de dez a 12 pratos por dia em nosso restaurante”, contou.

A administradora Taciana de Mendonça Lima, 36, foi até o local com um grupo de amigos e disse já conhecer o projeto do DIÁRIO. Ela tenta arrumar espaço para conseguir visitar todos os restaurantes participantes. “Eu já tinha conhecimento do evento desde o ano retrasado. Cheguei a participar em alguns restaurantes e gostei bastante. Esse ano estou tentando ir em todos para ver a qualidade de cada prato, a diferença e o que os restaurantes prepararam. Acho um evento muito bacana porque incentiva a gente a ir a restaurantes que, de repente, eu nunca pensei em ir. Sem falar que isso incentiva os restaurantes a buscarem mais qualidadeem seus pratos”, observou.

Já para a também administradora Adriana Maldonado, 30, que é de Belo Horizonte e conheceu pela primeira vez o Festival Estrela Azul, a programação é uma oportunidade de saborear pratos típicos da região em restaurantes tradicionais da cidade. “Temos a oportunidade de conhecer bons restaurantes com cardápios mais acessíveis em locais sofisticados. A programação nos leva a ter boas experiências gastronômicas em restaurantes que não conhecemos muito”, declarou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS