Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

FIQUE ATENTO!

Gastos com 13º exigem planejamento

terça-feira, 05/11/2019, 07:37 - Atualizado em 05/11/2019, 07:45 - Autor: Alexandra Cavalcanti


Primeira parcela deve ser paga até o próximo dia 30
Primeira parcela deve ser paga até o próximo dia 30 | Arquivo

Até o dia 30 deste mês, aproximadamente 80 milhões de trabalhadores vão receber a primeira parcela do décimo terceiro salário, segundo estimativas do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Com o dinheiro em mãos, entretanto, é preciso ter cuidado antes de sair gastando com presentes e compras em geral. Antes disso, é importante avaliar a situação financeira atual e pensar em investimentos.

Essa é a dica da educadora financeira, Ana Ferrari, vice-presidente regional da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin). “Normalmente o que eu indico para as pessoas é que elas não sejam impulsivas ao receber o décimo terceiro salário. O ideal é sentar e planejar. Ver qual será de fato esse valor recebido e usá-lo sempre de forma consciente”, ensina.

Ela alerta que, mesmo quem vai utilizar essa renda extra para pagar dívidas, precisa ficar atento a algumas questões. “É preciso fazer uma relação das dívidas, porque existem vários tipos, desde aquelas necessárias, como pagamento do financiamento da casa, até aquelas que não são necessárias, que foram adquiridas para comprar aquilo que não é essencial. Mas antes de sair pagando essas dívidas, é preciso avaliar os juros de cada uma - se são muito elevados como no caso de cartão de crédito e cheque especial -, se vai dar para quitar tudo, entre outros”, diz.

O importante, segundo a educadora financeira, é saber negociar. “Esse é sempre o ideal para não pagar juros elevados. Por outro lado, se não valer a pena, caso não haja negociação, saber se esse pagamento não pode ser incluído no orçamento familiar”, explica Ana Ferrari.

Caso o trabalhador não tenha dívida, a indicação da especialista é outra. “Nessa situação, quando a pessoa está com o orçamento azul, o melhor a fazer é guardar uma parte para investir, seja em um curso, seja para pagar aquelas dívidas de início de ano como IPTU e IPVA, à vista com desconto. A outra parte pode ser usada para as compras de final de ano, como presentes e ceia”, indica.

Para a profissional, o importante é não se deixar levar pelo impulso. “É fundamental pensar sempre no presente e no futuro para decidir com calma o que se vai fazer com esse dinheiro. Mas é bom ficar atendo para não adquirir novas dívidas, especialmente nessa época de Black Friday. Não é que não possa comprar, mas é preciso, antes, planejar”, acredita.

PLANOS

A professora Deise Pardauil vive a expectativa de receber seu primeiro décimo terceiro. No ano passado, como estava há pouco tempo no emprego, recebeu apenas o proporcional aos poucos meses trabalhados. Mas, para este ano, já fez planos. “Pretendo pagar algumas dúvidas e guardar o restante para investir em conhecimento, em cursos no próximo ano, porque como sou professora eu preciso ficar me reciclando”, explicou.

A professora Deise Pardauil já sabe o destino que dará ao 13º: uma parte para o pagamento de dívidas e a outra para realizar cursos
A professora Deise Pardauil já sabe o destino que dará ao 13º: uma parte para o pagamento de dívidas e a outra para realizar cursos Ricardo Amanajás/Diário do Pará
 

Já o casal Francisco e Vera Lúcia Barreto tem um destino certo para o décimo terceiro salário deste ano. “Estamos com uma obra em casa, porque a nossa cozinha enche na época do inverno, por isso nós sentamos, conversamos e decidimos destinar todo esse extra para pagar uma parte dessa obra, porque não vai dar nem para pagar tudo”, ressaltou o garagista aposentado.

Já Fábio Silva, que trabalha como serviços gerais, também já definiu o destino do décimo deste ano. “Vou fazer o que eu sempre faço todos os anos: pagar contas. Não dá para fazer muito planos, mas, enfim, o melhor destino é honrar as dívidas e manter o nome limpo”, diz.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS