Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

IMBECILIDADE

Estudante de Direito usa roupa da Ku Klux Klan em Ananindeua e afirma 'às quintas somos racistas'

sexta-feira, 01/11/2019, 12:55 - Atualizado em 01/11/2019, 12:54 - Autor: Com informações da Superinteressante


A atitude do estudante gerou revolta.
A atitude do estudante gerou revolta. | Reprodução

Um estudante de Direito, de 19 anos, causou polêmica nas redes sociais após usar uma fantasia de membro da supremacia branca do grupo Ku Klux Klan (KKK), na última quinta (31), dia de Halloween (Dia das Bruxas), em Ananindeua, região metropolitana de Belém.

Uma foto mostra o jovem vestido com uma túnica e capuz brancos e a seguinte legenda: "às quintas somos racista", o que despertou uma série de críticas de internautas e a óbvia acusação por racismo praticada pelo universitário.

Reprodução
 

A KU KLUX KLAN

Organização racista que defende a supremacia branca, a Ku Klux Klan (KKK) nasceu no final do século 19 nos Estados Unidos.

Ela foi fundada em 1866, no Tennessee, como um clube social que reunia veteranos confederados, ou seja, soldados que haviam lutado pelos estados do Sul, o lado derrotado, na Guerra Civil Americana (1861-1865).

Na defesa da manutenção da supremacia branca no país, o grupo promovia atos de violência e intimidação contra os negros libertados.

A atitude do estudante gerou revolta. | Reprodução
A atitude do estudante gerou revolta.
A atitude do estudante gerou revolta. | Reprodução

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS