Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

FATALIDADE

PM morta em capotamento tinha 24 anos e era filha de ex-lutador

terça-feira, 29/10/2019, 12:42 - Atualizado em 29/10/2019, 12:41 - Autor: Kleberson Santos


A jovem PM conduzia a viatura quando tentou desviar de uma motocicleta que vinha na contramão
A jovem PM conduzia a viatura quando tentou desviar de uma motocicleta que vinha na contramão | Arquivo Pessoal

A policial militar, Jamilly Marília Freitas de Oliveira, morta em acidente ocorrido na manhã desta terça-feira (28), em razão do capotamento da viatura que dirigia, tinha 24 anos e era moradora do distrito de Icoaraci.

Jamilly era filha do ex-lutador Joelcimar Barbosa, o Cachorrão, e pertencia ao 24º Batalhão da PM do Pará. Ela estava na corporação há um ano e dois meses.

Jamilly com o pai, conhecido ex-lutador Cachorrão
Jamilly com o pai, conhecido ex-lutador Cachorrão Arquivo Pessoal
 

Segundo a Polícia Militar, no momento do acidente, a motorista tentou desviar de uma motocicleta que estava na contramão, mas acabou perdendo o controle do veículo.

Em nota enviada a imprensa, a Polícia Militar confirmou a morte lamentando o ocorrido.

Vídeo mostra o resultado do acidente.

ASSISTA! 

Leia a nota na íntegra:

É com extremo pesar que o Comando da Polícia Militar do Estado informa que a Soldado Jamilly Marília Freitas de Oliveira, 24 anos, integrante do 24° Batalhão da PM, morreu, na manhã desta terça-feira (29), após ter sido vítima de acidente automobilístico, em serviço, na rodovia Arthur Bernardes, bairro do Tapanã, em Belém.

A policial conduzia a viatura onde estavam outros três policiais militares. Ao tentar desviar de uma motocicleta, que vinha na contramão, ela perdeu o controle do veículo, que capotou e colidiu contra um poste.

A soldado foi arremessada da viatura para o solo, e chegou a ser encaminhada, em estado grave, para o Hospital Porto Dias, mas não resistiu aos ferimentos e morreu por volta das 7h50m.

O cabo Marcelo do Carmo Nogueira de Souza e os soldados Hugo de Leon da Silva Batista e Jane Cléa Valente Pereira Sabino, que também estavam no veículo, sofreram escoriações leves em decorrência do acidente, e passam por procedimentos médicos no mesmo hospital.

O Centro Integrado de Psicologia e Assistência Social (Cipas) da Polícia Militar presta apoio aos familiares da policial militar, que estava na corporação há 1 ano e 2 meses.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS