Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

APLICAÇÕES

Basa contrata R$ 4 bilhões com FNO na Região Norte. Só no Pará foi R$ 1,4 bilhão

sexta-feira, 04/10/2019, 15:38 - Atualizado em 04/10/2019, 16:45 - Autor: Com informações da assessoria


| Reprodução

Ao celebrar 30 anos do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO), o Banco da Amazônia informa o resultado das aplicações do fundo nos estados da região. Somente de janeiro a agosto deste ano, a Instituição já contratou aproximadamente R$ 4 bilhões. Para o estado do Pará, foram destinados R$ 1,40 bi, em mais de 4.800 operações, o que representa 35,31% do total de recursos aplicado no período.

De acordo com o presidente do Banco, Valdecir Tose, as aplicações do FNO no Pará nos oito primeiros meses de 2019 já estão atingindo o mesmo patamar do que foi contratado em todo o ano de 2018, cujo valor foi de R$ 1,59 bi. “Nossa expectativa é grande em superar os valores aplicados no crédito de fomento e esperamos atingir o valor de R$ 2,7 bi no estado, contribuindo para a recuperação da economia e desenvolvimento da região Amazônica”, comenta o presidente.

“O crescimento das aplicações demonstra que o Banco cumpre a sua missão social em fomentar o desenvolvimento sustentável da região Amazônica”. O presidente ainda frisa que as operações são contratadas mediante ampla análise. “As operações aprovadas passam antes por meio de comitês técnicos e colegiados, através das Centrais de Análise de Crédito, dentro de padrões éticos, íntegros e transparentes para toda a sociedade. São valores que o Banco adota em seu Planejamento Estratégico de atuação”, afirmou.

No ano de 2018, as contratações com recursos do FNO alcançaram o total de R$ 4,61 bi, quase o dobro das contratações realizadas em 2017, cujo valor foi de R$ 2,90 bilhões em toda a região Norte. Dos sete estados que compõem a região, o Pará é o que se sobressai pela quantidade de negócios gerados no estado. Em 2018, foram destinados R$ 1,59 bi e, em 2017, 1,16 bilhão.

Plano Safra 2019/2020

Nos três primeiros meses do Plano Safra 2019/2020, que se inicia em 1º de julho de 2019 e vai até 30 de junho de 2020, o Banco da Amazônia já contratou com recursos do FNO mais de R$ 864 milhões, incluindo projetos do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (PRONAF).

Neste período, o Estado do Pará já recebeu mais de R$ 270 milhões, registrando um crescimento de 61% em relação ao mesmo período do Plano Safra anterior, em que o valor alcançado foi de R$ 168 milhões. “O Pará foi o segundo estado com maior demanda por crédito rural na região Norte, ficando atrás somente de Tocantins”, informou o gerente de Pessoas Físicas do Banco, Misael Moreno.

Por meio dos recursos do Plano Safra, o Banco atende a projetos voltados para custeio agrícola, custeio pecuário, inovação no campo; máquinas, equipamentos e implementos, armazenagem e investimento. A Instituição também apoia atividades incentivadas que consistem em operações florestais destinadas ao financiamento de projetos de conservação e proteção do meio ambiente, recuperação de áreas degradadas ou alteradas e desenvolvimento de atividades sustentáveis e projetos para inovação tecnológica nas propriedades rurais.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS