Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

CAOS NA SAÚDE

Família denuncia descaso com paciente na UPA do Icuí 

sábado, 14/09/2019, 15:50 - Atualizado em 14/09/2019, 16:53 - Autor: Redação


| Via/WhatsApp

Familiares de uma paciente de 40 anos procuraram o DOL, na tarde deste sábado (14), para denunciar o descaso com a mulher na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Icuí, em Ananindeua, na Região Metropolitana de Belém.

De acordo com o sobrinho da vítima, identificado como Matheus Teixeira, a vítima deu entrada na tarde de sexta-feira (13), após sofrer um AVC Hemorrágico. “Quando chegou aqui o médico disse que ela precisava ser transferida para um hospital mais completo, que pudesse fazer o atendimento adequado. Ontem deram várias desculpas e não fizeram nada. O médico pediu uma tomografia computadorizada de urgência e tivemos que fazer particular, pois pelo SUS não era possível”, denuncia.

“Minha tia está mal e precisa de atendimento. É um descaso. O médico disse que precisa cadastrar ela no sistema para conseguir um leito, mas saiu para almoçar e só volta 16 horas. Eles tratam a gente como bicho. Estamos sentados na porta da UPA. Já fomos na diretoria e não fazem nada”, diz Mateus Teixeira cobrando providências para o atendimento da tia.

A Secretaria Municipal de Saúde de Anannindeua (Sesau) informou, através de nota, que a informação do pagamento da realização da tomografia e de exames laboratoriais não procede, pois, todos esses exames foram feitos via município, sem qualquer custo para a família.

A direção da UPA informou ainda que os exames estão com a assistente social que está fazendo o cadastro da paciente na central de leitos para geração do SIERG.

A Sesau garantiu que enquanto a paciente aguarda a transferência para os hospitais conveniados com a prefeitura, a mesma está sendo assistida 24h pela equipe de médicos e enfermeiros da UPA do Icuí.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS