Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


29°
R$

Notícias / Notícias Pará

JUSTIÇA

'Questão de tempo até voltar para prisão', diz advogado sobre motorista que matou lutador de MMA

quarta-feira, 11/09/2019, 12:01 - Atualizado em 11/09/2019, 13:35 - Autor: Diário Online


Jefferson (direita), acusado de matar Rodrigo Monstro, vai responder ao processo em liberdade.
Jefferson (direita), acusado de matar Rodrigo Monstro, vai responder ao processo em liberdade. | Reprodução

Jefferson Roger Maciel Barata, acusado de matar atropelado o lutador de MMA e professor de Jiu-Jitsu, Rodrigo Guiana de Lima, mais conhecido como "Rodrigo Monstro" vai aguardar o processo em liberdade. Mas, para o advogado da família da vítima, Omar Saré, "é uma questão de tempo para ele voltar para a prisão e responder pelo crime que cometeu". 

Segundo Saré, não haverá recurso da decisão da juíza Ângela Alice Tavares, da 2ª Vara do Tribunal do Júri da Capital, que determinou a expedição do alvará de soltura do acusado. 

"Apesar dele ter sido colocado em liberdade, ele foi indiciado e vai ser submetido do tribunal do júri. Foi reconhecido o homicídio qualificado, essa é a maior importância, de que ele foi reconhecido por matar uma pessoa de forma covarde, sem ter dado chance nenhuma de defesa a vítima", explica.

Irmão de Michel Trator é assassinado em Belém. Ouça o áudio de uma testemunha

O advogado destaca ainda que qualquer recurso pode retardar o julgamento, que segundo ele, deve ocorrer no primeiro semestre de 2020.

“Não se via ali que ele apresenta riscos para o processo, mas há elementos que comprovam que ele cometeu o crime. Ele vai a julgamento, vai ser condenado. Isso é uma questão de tempo para ele voltar para a prisão e responder pelo crime que cometeu”, ressalta. 

O caso

Jefferson é acusado de matar o lutador de MMA Rodrigo Guiana, que foi atropelado na noite do dia 26 de abril, após se envolver em uma discussão com o motorista em um posto de gasolina.

Vídeo mostra momento que lutador é atropelado por motorista em Belém; imagens são fortes

Imagens flagradas por câmeras de segurança do estabelecimento mostram quando o carro de Jefferson avança sobre Rodrigo, que rola por cima do veículo e cai no posto.

O homicídio ocorreu após uma discussão entre o motorista e o lutador. O condutor também teria sido agredido por Rodrigo Monstro.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS