Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


30°
R$

Notícias / Notícias Pará

INVESTIGAÇÕES

Quem é o líder de extrema direita acusado de ameaçar jornalistas no Pará?

segunda-feira, 02/09/2019, 20:43 - Atualizado em 02/09/2019, 22:26 - Autor: DOL


Além de comandar um grupo de extrema direita, Doni foi intimado após denúncias de ameaças a um jornalista em Novo Progresso
Além de comandar um grupo de extrema direita, Doni foi intimado após denúncias de ameaças a um jornalista em Novo Progresso | Reprodução

Um grupo de aplicativo de mensagens criado para integrantes interessados em “combater a corrupção e lutar pelo município” tem repercutido negativamente nas redes sociais nos últimos dias. O grupo, chamado de “Direita Unida Renovada”, começou a ser investigado pela Polícia Civil após denúncias de ameaça ao jornalista Adécio Piran do município de Novo Progresso, sudoeste paraense.

O criador do criador, identificado como Donizete Severino Duarte, foi intimado a comparecer à delegacia, onde prestou depoimento e foi responsabilizado pelas ameaças; o procedimento seguiu para a Justiça.

LEIA TAMBÉM: Pará: governo apura ameaças contra jornalista de Novo Progresso

De acordo com a reportagem do portal Folha do Progresso, Donizete liderou um movimento similar quando foi assessor do ex-prefeito Osvaldo Romanholi (PR), é conhecido pelos vizinhos como alguém que está “cuidando da vida alheia” e já teria ameaçado a secretária de educação Nubia Franccini.

AMEAÇAS - O grupo em questão começou a receber atenção após denúncias de ameaças ao jornalista Adécio Piran, que estaria sendo alvo de calúnias e difamações. O Governo do Estado afirmou nesta segunda (2) que busca a identificação dos autores da mensagem e dos responsáveis pela distribuição do informativo e que a Polícia Militar recebeu determinação para acompanhar o caso e cuidar da segurança do jornalista.

(Com informações da Agência Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS