Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Notícias / Notícias Pará

AÇÃO SOCIAL

Renda de 'McDia Feliz' ajudará tratamento de crianças e adolescentes com câncer

sexta-feira, 23/08/2019, 12:29 - Atualizado em 23/08/2019, 12:29 - Autor: Diario Online


| Jefferson Ferreira

Há 30 anos, o mês de agosto é marcado pelo McDia Feliz, que transforma a venda de Big Mac em sorrisos. A Casa Ronald McDonald Belém é participante do McDia Feliz e trabalha há meses para fazer da arrecadação deste ano, que acontece no penúltimo sábado de agosto, 24, mais um sucesso. 

Ao todo, 84 projetos de 59 instituições serão beneficiados com a arrecadação da campanha em todo o país. A Casa Ronald McDonald Belém será beneficiada com a venda de tíquetes antecipados, produtos promocionais com a marca McDia Feliz e sanduíches Big Mac nos restaurantes da capital paraense no dia 24 de agosto. Realizado há mais de 30 anos no país, o McDia Feliz já somou mais de R$ 280 milhões investidos em projetos do Instituto Ronald McDonald e mais recentemente do Instituto Ayrton Senna.

O projeto beneficiado com a arrecadação será a Casa Ronald McDonald Belém, que acolhe gratuitamente, crianças e adolescentes de 0 a 19 anos, provenientes do interior do Pará e de estados vizinhos pactuados, em tratamento de câncer no Hospital Oncológico Infantil Octavio Lobo, em Belém. A instituição fornece cinco alimentações diárias, transporte, apoio psicossocial, dentre outras atividades para os 70 hóspedes.

Em 2014, o Programa Casas Ronald McDonald completou 40 anos de atuação em mais de 63 países no mundo. No Brasil o programa é realizado desde 1994 e no Estado do Pará começou em 2012 com a inauguração da Casa Ronald McDonald Belém, a primeira da região Norte do Brasil.

“O McDia Feliz é um momento de encontro de colaboradores – da Casa e dos restaurantes -, de voluntários, de apoiadores e de pessoas que acreditam que cada um fazendo um pouquinho, pode mudar a vida de alguém. Trabalhamos o ano inteiro pensando nessa campanha, porque, no caso de Belém, entorno de 70 pessoas dependem da Casa Ronald McDonald Belém para manter um tratamento extenso e doloroso, e nós tentamos dar qualidade de vida e minimizar a tristeza dessas famílias”, ressalta a coordenadora da campanha, Liane Gaby.

Este ano, o McDia Feliz tem como McAmigos a cantora Juliana Sinimbú, o dançarino Wildo Almeida e a digital influencer, Paula Martins, e tem patrocínio do Banco da Amazônia, Unimed, Celpa, Aspeb, Cynthia Charone e Instituto Sabin, na capital paraense. 


O Instituto Ronald McDonald

Organização sem fins lucrativos, o Instituto Ronald McDonald (IRM) atua há 20 anos para aproximar famílias da cura do câncer infantojuvenil e aumentar as chances de cura da doença aos mesmos patamares dos países com alto Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Para atingir esse objetivo, o Instituto Ronald McDonald trabalha promovendo a estruturação de hospitais especializados, a hospedagem para famílias que residem longe dos hospitais, a capacita profissionais de saúde para realizarem o diagnóstico precoce, incentiva a adesão a protocolos clínicos e promove disseminação de conhecimento sobre a causa. A ONG faz parte do sistema beneficente global Ronald McDonald House Charities (RM HC), presente em mais de 60 países, coordenando os programas globais: Casa Ronald McDonald, voltado para a hospedagem, transporte e alimentação dos pacientes; e o Programa Espaço da Família Ronald McDonald, que torna menos desgastante o dia a dia das famílias durante o tratamento. No Brasil, há ainda outros dois programas locais: Atenção Integral e Diagnóstico Precoce, com ações específicas de combate ao câncer infanto-juvenil. O Instituto conta com o apoio de diversas empresas e pessoas físicas para desenvolver e manter seus programas. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS