Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


28°
R$

Notícias / Notícias Pará

ARTICULAÇÃO

Manobra do MPPA pretende arquivar processo de Izabela Jatene 

quarta-feira, 14/08/2019, 13:12 - Atualizado em 14/08/2019, 15:25 - Autor: DOL


| Márcio Ferreira/Agência Pará

O Ministério Público do Pará tenta utilizar uma manobra para beneficiar e arquivar o processo contra Izabela Jatene.

No processo Izabela é acusada de corrupção após ser pega em grampo telefônico pela Polícia Civil. Nos áudios ela pede uma lista com 300 nomes das maiores empresas do estado ao secretário Nilo Noronha, para segundo ela, "começar a buscar esse dinheirinho deles".

No entanto o MP tenta articular que, o deputado federal Edmílson Rodrigues, autor do pedido, não foi localizado. Porém Edmílson é uma figura pública com residência em Belém, e gabinetes na capital e em Brasília.

Se o MP comprovar que Edmílson Rodrigues não foi encontrado, o processo contra Izabela Jatene pode ser arquivado com a justificativa de "não localização".

Procurado, a assessoria de Edmílson informou que ele estranha o fato de ainda não ter sido concluída pelo Ministério Público do Estado do Pará a investigação do teor da representação formalizada por ele no ano de 2014, sobre a gravação telefônica de Izabela Jatene.

A nota diz ainda que Edmilson não foi citado pessoalmente sobre eventual decisão de arquivamento da representação, como também não foi cientificado se, ao menos, nesse decurso de tempo a gravação telefônica foi submetida à perícia criminal.

Edmilson Rodrigues assegura que irá recorrer da decisão de arquivamento da representação. Inclusive, sem descartar a possibilidade de recorrer ao Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), se necessário.

  

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS