Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

DESESPERO

Famílias aflitas esperam por notícias de presos que morreram em rebelião no Pará

segunda-feira, 29/07/2019, 18:26 - Atualizado em 29/07/2019, 18:26 - Autor: Redação


| Divulgação

Os nomes das 55 pessoas que morreram no Centro de Recuperação de Altamira, sudoeste Pará, ainda não foram divulgados. Do lado de fora do Centro, o clima é desespero das famílias que aguardam notícias.

Massacre no presídio de Altamira é o segundo grande motim do país

Helder consegue com Moro a transferência de membros de facções envolvidos em confronto em presídio

Ana Lúcia caminhava de um lado pro outro na tentativa de descobrir se o marido dela, que está preso no local, é um dos mortos no massacre. “Eu não saio daqui sem notícias dele, alguém precisa me dizer alguma coisa, os carros entram, a polícia, a ambulância sai, e ninguém diz nada”, disse a mulher aos policiais.

A rebelião iniciou às 7h da manhã desta segunda-feira (29). Os detentos chegaram a atear fogo em objetos dentro das alas e fizeram agentes reféns. Além de Ana, cerca de 50 pessoas esperam por informações em frente ao presídio.

De acordo com informações de pessoas que estão no local, durante a tarde desta segunda, policiais entraram encapuzados no Centro de Recuperação. Além disso, alguns presos estão sendo atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

(Com informações Folha de S.Paulo)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS