Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Notícias / Notícias Pará

NA HORA DO SAQUE

O que fazer se uma nota vier danificada do caixa eletrônico? Veja as dicas!

quinta-feira, 11/07/2019, 20:48 - Atualizado em 11/07/2019, 22:44 - Autor: DOL


O dano mais comum está no local do número que indica o valor da nota e geralmente os comerciantes não aceitam
O dano mais comum está no local do número que indica o valor da nota e geralmente os comerciantes não aceitam | Reprodução

Perder (o tão “suado”) dinheiro na rua é algo que, com certeza, tira o sono de qualquer pessoa. Equivalente a esse susto, é o de sacar uma quantia em um caixa eletrônico e a nota vir danificada. Sem saber o que fazer, muitos clientes tentam desesperadamente algum estabelecimento que aceite a cédula, só pra não ficar no prejuízo. Mas saiba que há outros caminhos para resolver um problema do tipo. 

Uma das pessoas que passou por uma situação dessas foi o paraense Nilson Rodrigues: ele sacou uma quantidade de dinheiro em um caixa eletrônico 24 Horas em uma farmácia, em um sábado, e a nota veio com furos; em outro momento, o mesmo incidente ocorreu dentro de uma agência bancária. 

“Da primeira vez, quando retirei o dinheiro de uma farmácia, eu fui a vários estabelecimentos e não aceitaram. Depois, fui a um posto de gasolina e falaram que não tinha problema”, comentou Nilson. 

O mergulhador Nilson Rodrigues levou um susto ao perceber que a nota que acabou se sacar estava com um buraco
O mergulhador Nilson Rodrigues levou um susto ao perceber que a nota que acabou se sacar estava com um buraco Via/WhatsApp
 

Na segunda vez, já dentro da agência, ele conseguiu trocar a cédula danificada após pedir ajuda para um funcionário do local, que fez a troca em um dos caixas da agência. 

De acordo com uma funcionária de uma agência bancária de Belém, que prefere não se identificar, a atitude de NIlson, dentro do banco, foi a mais acertada. 

“Se o cliente está no seu banco, usou um caixa eletrônico durante o expediente, e identificou que a nota está rasgada, ele pode trocar esse dinheiro. Para isso, ele vai precisar entrar na fila do caixa, exibir o extrato da conta que mostre o saque efetuado naquela agência. Aí o tesoureiro poderá trocar a cédula”, explica a funcionária. 

Mesmo para o caso de dinheiro danificado sacado em um caixa eletrônico 24 Horas, durante o final de semana, ou feriado, em farmácias ou outros estabelecimentos, há solução. 

“O cliente deve colocar o dinheiro dentro de um envelope e depositar na agência onde ele tem conta. Quando os funcionários do banco recepcionarem o dinheiro, será identificado que se trata de um dinheiro danificado, rasgado, dilacerado. Daí esse valor será creditado na conta dele, e o dinheiro será enviado para o Banco Central”, elucida a funcionária. 

“Se ele sacou durante um sábado, domingo ou feriado, ele terá que guardar esse cédula e o extrato e, em um dia útil, ele vai à agência e informa o ocorrido”, complementa. 

Por fim, a funcionária dá mais uma dica para garantir que o cliente não saia no prejuízo em caso do dinheiro danificado. 

“O ideal é sempre procurar a mesma agência na qual o dinheiro foi sacado”, conclui. 

Quem quiser mais informações sobre o assunto, pode acessar o site do Banco Central (https://www.bcb.gov.br/) e conferir as normas sobre o tema. 

(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS