Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


31°
R$
Pará

TRT8 promove Blitz da conscientização contra o trabalho infantil

terça-feira, 11/06/2019, 11:34 - Atualizado em 11/06/2019, 11:34 - Autor:


A Comissão de Combate ao Trabalho Infantil e de Estímulo à Aprendizagem do Tribunal Regional do Trabalho da Oitava Região (TRT8), em parceria com o Ministério Público do Trabalho (MPT), realizará uma Blitz da Conscientização contra do Trabalho Infantil no dia 12 de junho em Belém, Ananindeua, Barcarena e Paragominas.


O objetivo é contribuir para conscientizar a sociedade sobre os prejuízos do trabalho infantil e a necessidade de não se estimular esse tipo de atividade que cada vez mais coloca crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, gerando evasão escolar, destruindo sonhos e perpetuando a pobreza. 


A Blitz terá o apoio de diversas instituições como TJPA (3a VARA DA INFÂNCIA E JUVENTUDE), SEDUC, SEMEC, FUNPAPA, SEMOB, SETRANSBEL, Sindicato dos Rodoviários de Belém e de Ananindeua, UNAMA, SEMAS-Barcarena, Conselho Municipal da Criança de Ananindeua, Vara do Trabalho de Paragominas e PROATIVA DO PARÁ. A ação  será desenvolvida nos semáforos de Belém e região metropolitana.



Com faixas contendo o catavento de cinco pontas, símbolo mundial da luta contra o trabalho infantil, e a frase "NÃO AO TRABALHO INFANTIL!", voluntários, alunos e parceiros estarão nos semáforos e entrarão em ônibus para distribuir panfletos e conscientizar os usuários do transporte urbano para que evitem comprar produtos e serviços de crianças e adolescentes que trabalham nos sinais de trânsito e dentro dos coletivos. 


Os voluntários e parceiros estarão concentrados em mais de setenta pontos de atuação e distribuirão panfletos. Além da ação nas ruas, o TRT8 se juntará ao Tribunal Superior do Trabalho (TST) na campanha virtual que ocorrerá pelo Twitter. Usando a hashtag #BrasilSemTrabalhoInfantil a Justiça do Trabalho pretende promover um grande impulsionamento digital e sensibilizar os usuários dessa rede social acerca da importância de identificar e combater essa forma de abuso. A mobilização ocorrerá durante todo o dia 12 de junho, a partir de 9h da manhã.


O evento marca o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil celebrado no dia 12 de junho no mundo inteiro e terá a participação de organizações nacionais e internacionais, além de artistas brasileiros que se unirão para conscientizar a população. "É um dia de luta contra o trabalho infantil. No mundo todo estará havendo ações contra essa chaga social que assola o mundo e esperamos  que os resultados provenientes dessa nossa ação apareçam num breve espaço de tempo porque a infância é breve, não pode esperar", declara a Juíza Vanilza Malcher, coordenadora regional do programa.


Lançamento


O lançamento da Blitz será no dia 12 de junho de 2019, às 8h, em frente ao Edifício Sede da Justiça do Trabalho, em Belém. Neste dia, as gestoras nacional e regional do programa de combate ao trabalho infantil, respectivamente,  Desembargadora Zuíla Dutra e Juíza Vanilza Malcher, participarão da ação com os voluntários, afilhados, padrinhos do projeto e parceiros. Durante a Blitz, panfletos serão distribuídos.


Trabalhadores Infantis


Segundo pesquisa do IBGE-PNAD (2017), divulgada em junho de 2018, embora tenha havido redução no índice de trabalho infantil em torno de 5%, o Brasil ainda registra 2.551.000 trabalhadores considerados infantis, com maior concentração entre os adolescentes de 14 a 17 anos (2.040.000), faixa etária na qual também se registra o maior índice de abandono ou evasão escolar, com reflexos na elevação da taxa de consumo de drogas e de violência envolvendo esse mesmo público. Registra-se, ainda, um aumento considerável no índice de trabalho de crianças de 5 a 9 anos, o que vem sendo observado nas ruas de todas as cidades, nos semáforos e na área internas dos transportes coletivos, onde as crianças e os adolescentes costumam realizar atividade de venda ambulante, o que justifica uma ação específica no dia 12 de junho, Dia Mundial de Luta contra o trabalho infantil, voltada para essa situação.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS