Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$
Pará

Quatro são presos por assassinar policial em Belém

quarta-feira, 15/05/2019, 17:03 - Atualizado em 15/05/2019, 19:31 - Autor:


A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (15), Ricardo Barbosa Monteiro; Fernando Assis Cardoso Silva, de apelido Blade; Marcilene do Socorro Barbosa Macedo e Eli Cristina Ribeiro da Conceição, acusados de envolvimento na morte do sargento Josivaldo Andrade, na noite de terça-feira (14). 


As investigações presididas pela Delegacia de Homicídios de Agentes Públicos (DHAP) mostram que Ricardo era quem estava com uma arma de fogo tipo pistola e que guardou em sua casa a arma utilizada por um dos executores do crime.


Fernando Assis Cardoso Silva é apontado como o motorista da ação criminosa, responsável em conduzir o autor dos disparos contra o militar (Yorran Ribeiro Messias) até próximo ao local do crime e também é apontado como o responsável em buscar a arma da vítima com Yorran na casa dos acusados. Ele é acusado ainda de dar fuga a Yorran. 



Os suspeitos foram apresentados na Delegacia de Homicídios de Agentes Públicos (DHAP) (Foto: Divulgação/Polícia Civil)


Marcilene do Socorro Barbosa Macedo é mãe de Ricardo e cunhada do mandante do crime identificado como Jonatha Rosa Ramos, de apelido Branco, que está preso atualmente no presídio CRPP II, no Complexo Penitenciário de Santa Izabel do Pará. Ela é acusada de guardar a arma em sua residência e, segundo as investigações, sempre guarda as armas de fogo de crimes ordenados "Branco". 


Eli Cristina é acusada de receber ordens de "Branco" para organizar a logística da ação; reunir os executores; passar o endereço ao motorista e de ser responsável por realizar diversos pagamentos referentes às ordens de "Branco". O executor da morte do PM foi identificado como Yorran Ribeiro Messias que está sendo procurado.


(Com informações da Polícia Civil)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS