Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$
Pará

Procissão ilumina ruas do bairro de Fátima

segunda-feira, 13/05/2019, 07:11 - Atualizado em 13/05/2019, 07:14 - Autor:


A devoção por Nossa Senhora de Fátima levou milhares de católicos às ruas de Belém na noite chuvosa deste domingo (12). As velas acesas e sombrinhas erguidas dos fiéis enfeitavam a Procissão Luminosa, também conhecida como Procissão das Velas, uma das celebrações marianas mais importantes da religião. A caminhada foi o ápice da festividade de Fátima que começou no dia 1º e segue até hoje (13).


Emocionada, a professora Lena de Fátima, de 52 anos, olhava para a imagem de Nossa Senhora e não conseguia conter as lágrimas. “Nossa Senhora transborda amor, proteção...”, comentou. Isso por que no Dia das Mães ela também não pôde passar ao lado da genitora. “Inclusive, meu nome foi em homenagem à Nossa Senhora. Aprendi a devoção dentro de casa e vim em busca do amor dela e paz para todos nós”, acrescentou a moradora do bairro da Cidade Velha, que participa da celebração há mais de 10 anos.


A aposentada Ana Carvalho, de 72 anos, vizinha da Paróquia, tinha muito a agradecer e pedir. Ela é devota de Fátima há mais de 50 anos. “A procissão é momento importante, de reflexão e de renovar a fé”. Além dos fiéis que acompanharam o evento, outros devotos assistiam da varanda e portas das casas enfeitadas ao longo do trajeto.


Maria José Vieira, coordenadora adjunta da festividade, disse que a preparação da festa começou ainda no mês de março, com peregrinações da imagem. “E, hoje [ontem] é o ápice de toda a festa, com a procissão luminosa que já ocorre há mais de 30 anos”.


Para Maria José, o evento como um todo representa a gratidão dos fiéis pelas bênçãos recebidas. “Temos relatos de cura e de várias doenças. São inúmeros milagres.”, completa. A procissão saiu da Paróquia de Nossa Senhora de Fátima após a missa celebrada pelo arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira. “Estamos vivendo tempo de aprofundamento da luz da ressureição de Jesus. E, olhamos hoje para Nossa Senhora, o convite à oração e a mudança de vida”, disse.


A caminhada seguiu por algumas ruas do bairro do Umarizal e Fátima, por isso, o trajeto foi interrompido para o tráfego de veículos. A festividade começou no dia 1º e segue até o dia 13 de maio, com tema “Maria na Vida da Igreja de Belém e da Amazônia”, inspirado nos 300 anos de criação da Diocese de Belém.


(Michelle Daniel/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS