Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


28°
R$
Pará

Jader comemora recursos para Marujada e incentivo ao turismo

domingo, 12/05/2019, 10:17 - Atualizado em 12/05/2019, 10:28 - Autor:


A instrução do processo de reconhecimento da Marujada de São Benedito de Bragança como Patrimônio Cultural do Brasil já tem recursos assegurados. O governo federal finalmente liberou o pagamento integral da emenda individual destinada em 2018 pelo senador Jader Barbalho (MDB), para que fosse feito todo o processo de registro desta, que é uma das maiores manifestações artística e cultural do povo paraense. O pagamento foi feito no último dia 7 para o Departamento de História da Universidade Federal do Pará (UFPA), campus de Bragança, para a elaboração do Inventário Nacional de Referências Culturais (INRC), para consagrar o título à Marujada.


Os estudos estão sendo feitos por meio de parceria entre o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e UFPA.“Há alguns anos, a Irmandade de São Benedito da Marujada de Bragança entrou com um pedido junto ao Iphan solicitando o reconhecimento e registro da manifestação como Patrimônio Cultural do Brasil, uma vez que já há esse reconhecimento em âmbito municipal e estadual”, explica o superintendente do Iphan no Pará, Cyro Holando de Almeida Lins.


O problema é que não havia recurso para fazer o inventário, que requer enorme trabalho de coleta de documentos, fotos, registros e depoimentos. “Para que haja tal reconhecimento, o 1º passo é que a gente faça um inventário de referências culturais da marujada. E para isso faltava recurso. Com a emenda no valor de R$ 200 mil, destinada pelo senador Jader Barbalho, foi possível dar início aos estudos”, comemorou o superintendente.


TRADIÇÃO


“Ao longo de todos esses anos a Marujada de São Benedito é preservada pela própria população. Marujos e marujas repassam essa tradição às novas gerações. Por sua importância e pelo amor dos bragantinos por essa importante manifestação artística e cultural, me sinto honrado por poder participar de forma efetiva da realização deste antigo anseio da população”, enfatizou o senador, ao dar a notícia sobre o final de toda a etapa de indicação da emenda, que é o momento do dinheiro estar disponível para a faculdade de História da UFPA.


“Esse é um antigo sonho de todos nós que fazemos a marujada de Bragança e queremos ver esse sonho realizado”, completou o presidente da irmandade, João Batista Pinheiro.


"Por sua importância e pelo amor dos bragantinos por essa importante manifestação artística e cultural, me sinto honrado por poder participar de forma efetiva da realização deste antigo anseio da população", disse o Senador Jader Barbalho.


Liberação de recursos para municípios


Além do apoio à Marujada, o senador Jader Barbalho conseguiu assegurar emendas individuais para duas outras atividades turísticas em dois diferentes municípios. Em Dom Eliseu está sendo executada a obra de reforma e ampliação do Teatro Municipal, que vai permitir levar mais lazer à população local.


O senador indicou o valor total de R$ 682.500 para a obra. Na semana passada ele recebeu o aviso de que estava sendo liberado o pagamento da segunda parcela do total, um montante de R$ 204.750. Já foram pagos R$ 341.250,00.


Já em Peixe-Boi está sendo executada uma obra de urbanização e recuperação da orla do rio que deu nome ao município. Estão sendo feitas obras de pavimentação, drenagem, urbanização, reforma de estruturas e banheiros, construção de quiosques, construção de pórtico de entrada e playground para dar mais lazer não apenas a quem mora no município, mas para receber os visitantes atraídos por seus balneários.


ATRATIVOS


Jader Barbalho lembra que Peixe-Boi é uma cidade com forte atrativo turístico por causa da beleza de seu igarapé, de águas escuras e geladas, que atrai centenas de visitantes. “É mais uma das riquezas do belo e rico Pará, onde a diversão para a população está na natureza, nos rios, nas águas, na geografia de um dos lugares mais lindos do mundo. Por isso é nossa obrigação ajudar as prefeituras a cuidarem muito bem desse nosso patrimônio natural”, ressaltou o senador, ao comemorar o repasse total de R$ 487.500 para a obra da orla.


Jader informou também que o município de Pau D’Arco recebeu recursos para a recuperação das estradas vicinais, construção de pontes e bueiros de concreto na vicinal Pau D’Arco/Boa Sorte - Divisa de Pau D’Arco com Floresta do Araguaia, num montante total de R$ 585 mil.


(Luiza Mello/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS