Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$
Pará

Ministério Público requisita abertura de inquérito para apurar atentado no colégio Nazaré

sexta-feira, 10/05/2019, 16:54 - Atualizado em 10/05/2019, 17:20 - Autor:


A Promotoria Justiça de Controle Externo da Atividade Policial do Ministério Público do Estado do Pará (MPPA) requisitou, na tarde desta quinta-feira (9), a abertura de Inquérito Policial para apurar crime de ameaça, associação criminosa e corrupção de menores no caso do estudante que teria ameaçado outros alunos em frente a um professor dentro da sala de aula do Colégio Marista Nossa Senhora de Nazaré, em Belém, conforme relato no boletim de ocorrência registrado no dia 8 de maio.


O caso está sendo acompanhado pelos promotores de Justiça Alcenildo Ribeiro Silva, Carlos Stilianidi Garcia e Luiz Márcio Teixeira Cypriano. A requisição de abertura de inquérito foi baseada no boletim de ocorrência, que considera o relato de um professor que teria presenciado a ameaça do estudante. A iniciativa dos membros do MPPA também foi subsidiada por comunicados emitidos pela escola, por reportagens jornalísticas e áudios gravados por pais e alunos desde o ocorrido.


Por conta do episódio, o MPPA também abriu notícia fato em que solicita à direção do Colégio Nazaré informações sobre o fato ocorrido e as medidas de segurança que estão sendo adotadas e que deverão ser implementadas pela escola a partir do recente episódio.


“O inquérito irá colher os elementos probantes que o caso requer, apurando se há ou não responsabilidade criminal de quem de direito”, explica o promotor de Justiça Luiz Márcio Cypriano. “Caso nada seja provado ao final das investigações, pelo menos estará criado o precedente que servirá como marco para o desenvolvimento, pelas escolas, dos mecanismos de segurança para os alunos e suas famílias, lembrando que a escola é a extensão da casa de qualquer aluno. É necessário que se garanta a segurança de discentes e docentes”, completa.


(Com informações do MPPA)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS