Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


23°
R$
Pará

Advogado do acusado de matar o humorista Ricardo 'Bomba' alega falta de acesso ao processo

segunda-feira, 06/05/2019, 14:08 - Atualizado em 06/05/2019, 18:40 - Autor:


O advogado de Hilton Souza Filho, acusado de matar o ator paraense Ricardo Sena de Macedo Soares, de 37 anos, alegou durante entrevista uma série de irregularidades no processo do cliente. De acordo com o advogado Breno Lins, ele foi impedido de ter acesso aos autos do inquérito policial. Ele ainda afirmou que só ficou sabendo da prisão do cliente, ocorrida na manhã desta segunda-feira (6), no Maranhão, através da imprensa. 


Breno Lins relata que se dirigiu até a Delegacia de Homicídios quatro vezes e, em todas elas, o delegado responsável pelo caso não estava no local. Por esse motivo, ele não teve conhecimento sobre o laudo nem mesmo sobre as acusações que pesavam contra seu cliente. Ele ainda alega que só soube da prisão de Hilton através da imprensa. 


Leia mais:



"A imprensa sabe mais do que eu. Eu não tive acesso a nada. Soube da prisão do meu cliente junto com a imprensa. O pai dele me ligou e informou que o filho tinha sido preso no Maranhão", relatou o advogado. 


O jurista ainda afirmou que vai solicitar a reconsideração da prisão de Hilton. O advogado alega que não existem motivos legais para manutenção da prisão. "O meu cliente não oferece risco a ordem pública nem ao processo estando solto", finalizou Breno. 


(DOL) 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS