Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


22°
R$
Pará

Maré alta pode voltar a causar transtorno nos próximos dias

segunda-feira, 15/04/2019, 17:51 - Atualizado em 15/04/2019, 17:52 - Autor:


Entre os dias 16 e 23 de abril, a maré alta pode voltar a ocasionar alagamentos em áreas baixas e que sofrem influência de canais, na capital paraense. Independente da coincidência com chuva, o picos de maré atingem os números mais altos do mês.


Os riscos para alagamentos são considerados altíssimos para índices a partir de 3.5 metros coincidindo com chuva. Lembrando que as previsões de chuva são relativas e podem sofrer alterações.


- 16/04 – 9h04 - 3.2m


Alerta de risco alto para maré alta de manhã com a possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


 


- 17/04 - 9h54 - 3.4m


            -22h13 - 3.5m


Alerta de risco alto para maré alta de manhã e risco altíssimo de noite com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


 


-18/04 – 10h38 - 3.5m


             -23h08 - 3.5m


Alerta de risco altíssimo de maré alta de manhã e noite com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


- 19/04 – 11h23 - 3.6m


              - 23h51 - 3.5m


Alerta de risco altíssimo para coincidência de maré alta de manhã e final da noite com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


 


-20/04 – 12h09 - 3.5m


Alerta de risco altíssimo para maré alta no final da manhã com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


 


-21/04 – 0h34h - 3.5m


             -12h41h - 3.5m


Alerta de risco altíssimo para maré alta de madrugada e no início da tarde com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


 


- 22/04  - 01h21h - 3.4m 


            - 13h21h - 3.4m


Alerta de risco alto para maré alta de madrugada e início da tarde com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


 


- 23/04 – 02h02 – 3.3m


            - 14h02 – 3.3m


Alerta de risco alto para maré alta de madrugada e de tarde com possibilidade de chuva a qualquer hora do dia.


(Com informações da Agência Belém)


 


 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS