Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


23°
R$
Pará

Moradores acordam com ruas alagadas em Belém

segunda-feira, 15/04/2019, 07:26 - Atualizado em 15/04/2019, 07:26 - Autor:


A chuva começou cedo na manhã de ontem (14), em Belém e, por volta de 7h, vários pontos da cidade ficaram submersos. Na Avenida Almirante Barroso, os carros passavam com dificuldade. Alguns bairros, que normalmente já alagam, como Marco e Curió-Utinga, também tiveram focos de alagamentos.


Quando o canal da União com a Travessa Vileta transbordou, ainda no início da manhã, no bairro do Marco, o vendedor ambulante, Valdevino Gomes, 61, diz que já imaginava que o dia começaria com diversas complicações.


“A gente é obrigado a colocar os pés na água suja para sair de casa, mesmo para fazer coisas mais simples do dia, como ir na padaria”, diz ele. Nesse mesmo local, três outras pessoas estavam cercadas de água em uma ponte da rua. Na avenida João Paulo II, no bairro do Curió-Utinga, a situação caótica. Os dois lados da pista estavam submersos, além de algumas passagens adjacentes.


A Passagem Matilde era uma delas. Ali, os moradores tentaram atravessar de motocicleta ou ainda de bicicleta. A manicure Josiane Moraes, 24, conta que toda vez que a rua alaga, a rotina dela fica comprometida. “Isso aqui toda vez é assim quando chove, a gente amanhece pisando nessa água imunda, se arriscando com problema de doença, com ratos, mas a gente tem que fazer isso para sair de casa”, reclama.


Sem escolha, o entregador Miquel Leal, 26, diz que se sente mal pelos alagamentos. “A gente vive refém da água, tem de esperar baixar a água para conseguir sair de casa ”, diz.


A aposentada Goretti Silva, de 53 anos, conta que convive com esta situação há décadas. “Isso é uma coisa que não tem mais jeito, quando chove fica sempre esse rio. Demora um pouco para baixar . Era para ser melhor agora que é uma avenida muito movimentada, mas quando chove, todo mundo fica ilhado”, critica a aposentada.


(Wal Sarges/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS