Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


31°
R$
Pará

Pará participa de feiras internacionais

domingo, 03/03/2019, 07:39 - Atualizado em 03/03/2019, 07:48 - Autor:


O Governo do Estado estará presente como co-expositor no estande da Embratur no Berlim Internacional Tourism Bourse (ITB), em Berlim, Alemanha, entre os dias 6 e 10 deste mês, e também na Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL), dos dias 13 a 17 do mesmo mês, na capital portuguesa. A ação faz parte do plano estratégico de Turismo Ver-o-Pará, que indica os dois países europeus como mercados prioritários para receber ações de marketing com base na combinação de elementos chaves, como proximidade, acessibilidade, perfil da população, motivação e interesse potencial na amazônia brasileira.


No primeiro, o Pará será representado pela Secretaria de Turismo e Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), e no segundo também pela Secretaria de Estado de Cultura (Secult).


De acordo com o titular da Sedeme, Iran Lima, que viaja acompanhado do secretário adjunto André Dias Filho, atualmente respondendo pelo Turismo, a ideia é mostrar o tamanho do Pará em vários aspectos e tudo o que uma viagem ao Estado pode proporcionar.


“Queremos explicar, por exemplo, que chegar a Belém não é automaticamente chegar a Alter do Chão, que é um pouco mais distante, e que portanto há muito a ver e visitar aqui. É uma possibilidade de vender nossa cultura, nossa gastronomia de alta qualidade, diferenciada e, ao mesmo tempo, falar também do turismo religioso, nossas igrejas de três, quatro séculos, e outros atrativos. É um investimento na qualidade do nosso potencial turístico”, explica o secretário.


André, por sua vez, reforça que, ao mesmo tempo em que há questões que podem ser melhoradas dentro desse cenário, é uma chance de mostrar que o Pará está pronto, com suas praias, belezas naturais e até estrutura hoteleira para receber turistas de outros países. O contato próximo deve servir também para despertar o interesse de empresários que queiram investir nos roteiros paraenses.




Iran Lima, secretário da Sedeme (Foto: Ricardo Amanajás/Diário do Pará)


PARCERIAS


“É importante tentar estabelecer parcerias com o mercado que busca novas oportunidades de investimento. Temos, por exemplo, um potencial grande para cruzeiros. Como trata-se de eventos mistos, voltados ao público consumidor e empresarial, temos como explorar esses dois vieses”, avalia.


A secretária de Cultura Úrsula Vidal, que acompanhará a equipe da Sedeme somente na programação em Portugal, destaca o novo alinhamento para a apresentação do Pará ao trade turístico. “E a partir deste novo conceito, a força motriz de nosso potencial é a cultura. O visitante leva de volta na memória e no coração as experiências que vive”, diz a titular da Secult.


“Vamos fazer contatos e compreender como atender às demandas de um visitante cada vez mais exigente e disposto às trocas humanas. A Amazônia é uma fronteira que habita o imaginário do mundo inteiro. E o Pará tem vivências únicas e mágicas para oferecer ao turista”, garante.


(Carol Menezes/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS