Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$
Brasil

Assaltante se assusta com grito de vítima e atira na própria testa

sábado, 22/06/2019, 14:11 - Atualizado em 22/06/2019, 14:18 - Autor:



Um susto fez com que um assalto terminasse de uma maneira bem desastrosa para um criminoso, na última terça-feira (18), na cidade de Canarana, no Estado do Mato Grosso: o homem, que roubava a casa de uma vendedora de jóias, se assustou com os gritos da mulher e acabou atirando contra o próprio rosto.


Segundo informações do portal O Livre, a vendedora de jóias, de 57 anos, foi rendida pelo suspeito armado, que invadiu a casa dela, no bairro Bela Vista. A mulher conseguiu correr e se trancou no banheiro da residência. Do cômodo, ela ligou para a Polícia Militar e relatou que o local estava sendo assaltado.


Uma equipe da PM foi até a casa da vítima e, quando chegou, o suspeito já havia fugido, levando uma mala de couro preta com todo mostruário da vítima e uma caderneta com as anotações dela.


A mulher, então, relatou aos policiais que achava que o suspeito tinha se machucado, pois ouviu um tiro e havia pingos de sangue no chão da área de sua casa.


A Polícia Judiciária Civil foi acionada e isolou a casa para que fosse realizada perícia. Enquanto isso, outros policiais ouviam a vítima, e vizinhos descreveram as vestes dele e ainda, contaram que ele havia fugido com um mototaxista de colete preto.


Tiro na testa


Pouco depois, a polícia recebeu uma denúncia com o nome do mototaxista que teria levado o ladrão até a casa da vítima. Ele foi encontrado e confessou ter feito a corrida e esperado o suspeito, porém, a princípio, tentou dizer que não o conhecia e somente tinha sido contratado para levá-lo.


No entanto, acabou confessando que tinha armas sem registro em casa e a polícia foi até a residência dele, encontrando o suspeito do roubo saindo da casa. Tentou fugir, mas acabou preso.


Em seus bolsos, foram encontradas uma balança de precisão, folhetos de nota promissória, uma folha com instruções aparentemente para a realização do roubo e vários saquinhos prateados com joias – todas pertencentes à vítima.


O rosto dele estava sangrando e, questionado sobre isso, contou que durante o roubo, quando foi sair da casa, assustou-se com os gritos da vítima e, como a arma estava engatilhada, deu um tiro acidental em sua própria testa, que acertou de raspão.


Os dois foram encaminhados para o quartel da PM, onde o boletim de ocorrência foi registrado como roubo, receptação, resistência e posse irregular de arma de fogo de uso permitido. O suspeito que atirou em si mesmo precisou ser encaminhado ao Pronto-Socorro da cidade. Depois, ambos foram entregues à Polícia Civil.


(Com informações do portal O Livre)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS