Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Brasil

'Minha cabeça ficou entre as rodas', relata idosa que foi arrastada por carro

segunda-feira, 17/06/2019, 09:19 - Atualizado em 17/06/2019, 10:13 - Autor:


Marina Izidoro de Morais, de 73 anos, foi arrastada por um veículo por cerca de 100 metros, na noite do último sábado (15).


Um vídeo registrou o momento em que ela passou por atendimento médico.



A mulher se negou a dar desconto no valor de um balão, em uma festa junina, que acontecia em frente ao colégio Marista, em Taguatinga Sul. Após a violência, ela relatou que está traumatizada e que teve uma segunda chance de viver.


"Não está doendo nada, só ardendo. Eles me arrastaram e a minha minha cabeça ficou presa entre as rodas. Pensei que fosse morrer", afirmou a idosa.


Ela recebeu os primeiros socorros de uma equipe do corpo de bombeiros, no local da agressão. 


A vítima disse que estava trabalhando no local quando o condutor de um veículo Mercedes Benz se aproximou e pediu três balões. Marina os separava enquanto a passageira que estava ao lado do motorista pediu um desconto. Como ela se recusou a dar, a passageira puxou os balões da mão da vendedora e fechou o vidro. Foi quando o motorista arrancou e saiu em alta velocidade.


De acordo com testemunha, após a ação, o motorista do carro de luxo, avaliado em R$ 220 mil, fugiu do local, sem prestar socorro a vítima. A vendedora sofreu várias escoriações pelo corpo e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT).


Marina prestou queixa na 21ª Delegacia de Polícia (Taguatinga Sul), mas a 12ª DP (Taguatinga Centro) é que vai investigar o cargo. A ocorrência foi registrada como lesão corporal.


(Com informações Metrópoles)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS