Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Brasil

Mãe impediu que assassinos filmassem execução de filho em 'tribunal do crime'

sexta-feira, 14/06/2019, 18:25 - Atualizado em 14/06/2019, 18:25 - Autor:


A atitude de uma mulher impediu que os assassinos do filho dela filmassem a morte do rapaz, que foi executado com 20 facadas dentro do banheiro da própria casa, na cidade de Itaporã, no Mato Grosso do Sul, na noite da última quarta-feira (12). A execução foi uma espécie de “tribunal do crime”.

O executado foi identificado como Anderson Martins dos Reis. Ele estava em casa quando um grupo armado chegou à residência e começou a atirar contra o jovem. Anderson ainda conseguiu fugir e se escondeu dentro do banheiro. Ele avisou a mãe sobre os executores e pediu que ela trancasse o local.

Os assassinos invadiram a casa e executaram o rapaz com 20 facadas. Os golpes atingiram o braço, peito, tórax e pescoço.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Gabriel Desterro, a mulher presenciou toda a cena e, enquanto era afastada, impedia o registro com celular. O ato de filmar, conforme o investigador, caracteriza julgamento no ‘Tribunal do Crime’.

A Polícia Civil já conseguiu apurar que Anderson foi morto por um acerto de contas entre as facções criminosas Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV)

Quatro homens foram presos em uma ação integrada dos serviços de inteligência da Polícia Civil e Militar: Alex Sander Maier, 29, conhecido como ‘Caçador de Almas’, foragido da Justiça de Campo Grande por tráfico de drogas; Harisonn Albert Sabino Souza, 36; Kaio Cézar Cardoso Nunes, 19, e Miguel Augusto Souza dos Santos, 21.

As investigações revelaram que cada um deles exercia uma função bem definida no crime. Alex Sander teria sido o autor dos disparos, Harisonn foi o motorista do grupo, que chegou a bordo de um GM Celta na casa da vítima.

Miguel, conhecido também como XT, foi o autor das 20 facadas que mataram Anderson. Por fim, Kaio foi o estrategista do grupo. Ele foi o responsável por levantar todas as informações da dinâmica do crime, como endereço e horários ideais. Kaio também teria sido encarregado de filmar toda a execução.

(Com informações do portal Em Tempo)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS