Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Brasil

Mulheres que cortaram pênis de filho são espancadas na prisão

quinta-feira, 06/06/2019, 17:30 - Atualizado em 06/06/2019, 18:57 - Autor:


Rosana Auri da Silva Cândido e Kacyla Pryscila Santiago, presas por terem matado e esquartejado o próprio filho de 9 anos, foram brutalmente espancadas por outras detentas na ala feminina do presídio da Papuda, no Distrito Federal. As duas são companheiras e cuidavam da criança.

De acordo com o site Inforprime, que obteve informações extra-oficiais repassadas por representantes do Complexo penitenciário, as duas foram levadas para a enfermaria da penitenciária bastante machucadas, após um grupo de detentas, revoltadas com a morte da criança, fazer uma emboscada para agredir as suspeitas.

Rhuan Maicon da Silva Castro, de 9 anos, foi morto no dia 31 de maio em Samambaia, no Distrito Federal. A mãe da criança e a companheira confessaram a autoria do crime. As duas foram presas no sábado (1º) após investigações da Polícia Civil.

Em depoimento, as mulheres disseram que Rhuan Maicon foi morto com uma facada no coração enquanto dormia. Depois de terem cometido o crime, elas esquartejaram o corpo e tentaram queimá-lo em uma churrasqueira.

Ainda de acordo com o depoimento, a tentativa de carbonizar o corpo não deu certo e elas resolveram então colocar a vítima em uma mala e logo em seguida jogaram dentro de um bueiro do bairro onde moram.


(Com informações do Inforprime)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS