Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Brasil

Médicos retiram vários utensílios domésticos de estômago de homem

sábado, 01/06/2019, 15:18 - Atualizado em 01/06/2019, 16:16 - Autor:


A equipe médica do Hospital Lal Bahadur Shastri, no norte da Índia e ficaram em choque semana passada ao realizarem uma cirurgia de emergência no estômago de um paciente de 35 anos e retiraram uma coleção de utensílios domésticos de dentro dele. De acordo com o relato do médico, foram extraídos objetos como facas e escovas de dentes.

Segundo informações da imprensa internacional, o homem deu entrada na Unidade de Saúde se queixando de dores fortes no estômago e os médicos resolveram fazer alguns exames para tentar diagnosticar a doença do paciente. Ao analisarem as imagens do exame de RX tiveram que iniciar um procedimento cirúrgico de emergência. A cirurgia durou três horas.  O paciente se recupera bem do procedimento feito no último dia 20.



Foto: Reprodução- Exame de RX do paciente.


Ainda segundo a publicação, na cirurgia foi retirado uma faca, oito colheres, duas chaves de fenda, duas escovas de dentes e uma barra de metal. O homem não foi identificado, mas ficou claro porque ele sentia tantas dores Supostamente ele tinha um problema psiquiátrico grave.

Em entrevista, o cirurgião contou que no raio-X, eles apenas viram uma faca em posição perigosa, talvez perfurando o estômago do homem, Além de duas colheres."A ponta da faca já estava saindo assim que iniciamos a operação", disse o médico, que não teve o nome revelado.



Foto: Reprodução- A cirurgia durou três horas ao todo.


O especialista ainda ressaltou que o paciente provavelmente passará por algum tratamento psiquiátrico e que uma das possibilidades é que ele sofra com uma síndrome    conhecida como "Alotriofagia."

Pessoas com esse distúrbio sofrem com uma vontade incontrolável de comer objetos que normalmente não são considerados alimentos (giz, tecidos, carvão, barro, moedas, utensílios de cozinha, etc).


(Com informações R7)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS