Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
Brasil

Rebelião em presídio de Manaus termina com 57 mortos

segunda-feira, 27/05/2019, 19:00 - Atualizado em 27/05/2019, 19:34 - Autor:



Subiu para 57 o número de presos encontrados mortos dentro de unidades penitenciários da cidade de Manaus, no Amazonas, nesta segunda-feira (27). Os dados atualizados foram informados pelo Governo do Amazonas.


Briga entre detentos deixa 15 mortos em presídio. Veja o vídeo


De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), as novas mortes foram registradas nas seguintes unidades: Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM 1), Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e Unidade Prisional do Puraquequara (UPP).


Neste domingo (26), brigas entres detentos deixaram 15 mortos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). Em nota divulgada ontem, a Seap informou que as mortes ocorreram durante uma “briga entre presos” dos pavilhões 3 e 5, e que, após o acionamento do Batalhão de Choque da Polícia Militar, a situação no Compaj estava sob controle.


Nenhuma fuga foi registrada e nenhum agente penitenciário foi ferido durante a confusão de ontem. A briga começou durante o horário de visitação.


Por fim, a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) afirma que, "neste momento, a situação está controlada e os presos estão na tranca".


As informações são do Governo do Amazonas.


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS