Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$
Brasil

Briga entre detentos deixa 15 mortos em presídio. Veja o vídeo

segunda-feira, 27/05/2019, 13:42 - Atualizado em 27/05/2019, 15:24 - Autor:


Uma briga entre detentos resultou na morte de pelo menos 15 presos no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Combaj), em Manaus. O caso ocorreu na tarde do último domingo (26). A informação sobre a briga foi confirmada pela Secretaria de Comunicação do Governo do Amazonas. 


A confusão iniciou durante o horário de visitas. Apesar das mortes, as autoridades locais evitaram usar o termo rebelião. Os familiares dos detentos foram retirados às pressas do local. 


O Batalhão de Choque da Polícia Militar foi acionado para controlar a ação dos detentos. A situação foi controlada por volta das 15h deste domingo (26). O Instituto Médico Legal (IML) também foi acionado para a remoção dos corpos. 


Um grupo de mulheres chegou a bloquear o trânsito da BR-174, que fica em frente ao Compaj, mas a movimentação foi contida.


De acordo com o secretário de Segurança Pública do Estado, alguns detentos foram mortos na frente de seus familiares. Ainda segundo o secretário, todas as unidades prisionais do estado devem receber reforço na segurança. 


Leia mais:



Não há informações sobre fugas e não houve agentes penitenciários reféns. 


Veja o vídeo:




Em 2017, a unidade registrou um massacre com 56 óbitos. Na época, o Batalhão de Choque da PM foi acionada para conter o motim. O Ministério Público denunciou à Justiça 213 pessoas acusadas de envolvimento com as mortes cometidas em Manaus. A investigação mostrou que integrantes da facção Família do Norte (FDN) perseguiram, capturaram, torturaram e mataram rivais do Primeiro Comando da Capital (PCC). O ataque foi o primeiro de uma série de massacres que se repetiu em Roraima e no Rio Grande do Norte. Ela é atribuída à disputa entre as facções pelo controle do mercado de drogas ilícitas.


(Com informações do Correio Braziliense)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS