Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$

Notícias / Mundo-Notícias

Mundo-Notícias

Cuba se posiciona sobre Bolsonaro e diz não ter medo do 'fim' do Mais Médicos

quarta-feira, 31/10/2018, 23:03 - Atualizado em 31/10/2018, 23:14 - Autor:


Ao contrário de todos os prognósticos, Cuba declarou estar disposta a manter relações com o governo recém eleito do ultra direitistas Jair Bolsonaro, que assumirá a presidência do Brasil em 1º de janeiro de 2019.


O posicionamento do governo cubano foi declarado pelo ministro do Comércio Exterior, Rodrigo Malmierca.


“Não temos problemas em nos relacionarmos com aqueles que pensam de forma diferente de nós. Isso seria intolerante”, declarou o ministro a repórteres esta quarta-feira (31), durante a Feira Internacional de Havana.


Sobre o programa Mais Médicos, que representa para a ilha, a nível mundial, cerca de 11 bilhões de dólares, Rodrigo declarou não temer a extinção da parceria com o Brasil.


“Não temos dificuldade em manter esses programas. Esse programa (no caso de Cuba) é realizado através da intermediação da Organização Pan-Americana de Saúde. Não é um programa bilateral, mas sim mundial. Não há dificuldades de nossa parte. Não temos medo”, acrescentou.


(Fonte: Uol)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS