Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

CORONAVÍRUS

Com sucesso na vacinação, Israel vai reabrir lojas, academias e sinagogas

Quase 4 milhões de israelenses já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19

terça-feira, 16/02/2021, 18:56 - Atualizado em 16/02/2021, 18:56 - Autor: FOLHAPRESS


Primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, toma vacina contra o Covid-19
Primeiro ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, toma vacina contra o Covid-19 | @netanyahu

O governo de Israel aprovou, nesta segunda-feira (15), a medida que permite a reabertura de lojas, academias e hotéis a partir do próximo domingo (21) graças ao sucesso da campanha de vacinação contra o coronavírus no país.

Israel registra 60% de queda nos casos de covid entre vacinados acima de 60 anos

Bolsonaro quer que Anvisa analise spray usado em Israel contra Covid-19

Estabelecimentos como lojas de rua, shoppings, mercados, museus e bibliotecas estarão abertos todos os israelenses, mas só o que já foram vacinados ou já se recuperaram da Covid-19 poderão ir a academias, hotéis, clubes e participar de eventos esportivos e culturais -o controle será feito por meio de um aplicativo.

A decisão do governo também permite a reabertura das sinagogas no final da próxima semana, quando será comemorado o Purim, um dos mais importantes feriados religiosos para os israelenses. Para as celebrações, entretanto, haverá limite de público de 10 pessoas em ambiente internos e 20 ao ar livre.

Quase 4 milhões de israelenses já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a Covid-19 e 2,5 milhões -mais de um quarto da população- receberam as duas, o que tem contribuído diretamente para a queda na taxa de mortalidade por coronavírus no país.

Até esta terça-feira (16), Israel registrou mais de 732 mil casos e 5.423 mortes por Covid-19, de acordo com dados compilados pela Universidade Johns Hopkins.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS