Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
26°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

TOLERÂNCIA ZERO

Governo Trump: 666 crianças imigrantes ainda não encontraram os pais, dizem advogados

Cerca de 20% dessas crianças tinham menos de 5 anos quando foram separadas da família

terça-feira, 10/11/2020, 17:44 - Atualizado em 10/11/2020, 18:39 - Autor: Com informações de NBC News


Imagens das famílias sendo separadas chocaram o mundo
Imagens das famílias sendo separadas chocaram o mundo | Reprodução

Desde que a política de “tolerância zero” foi adotada na fronteira dos Estados Unidos com o México, advogados lutam para reunir famílias de imigrantes que foram separadas pela administração de Donald Trump. 

Agora, acredita-se que o número de crianças separadas dos pais ou responsáveis é de 666. O número é mais alto do que o divulgado pela Justiça norte-americana no mês passado, que era de 545 crianças. As informações são da rede NBC News.

De acordo com a reportagem, cerca de 20%, ou seja, 129 dessas crianças tinham menos de 5 anos quando foram separadas da família.

Em um e-mail enviado ao Departamento de Justiça do governo de Trump, Steven Herzog, advogado que lidera os esforços para reunir as famílias, explicou que o número é maior porque o novo grupo inclui aqueles “para os quais o governo não forneceu nenhum número de telefone”. Anteriormente, os advogados disseram que não conseguiram encontrar os pais dos 545 menores após fazer contato, mas sem sucesso.

“Agradecemos que o governo forneça qualquer informação de contato atualizada disponível, ou outra informação que possa ser útil para estabelecer contato para todos os 666 desses pais”, continua Herzog no e-mail.

O vice-diretor do Projeto de Direitos dos Imigrantes da ACLU, Lee Gelernt, disse à NBC News que o novo número “inclui indivíduos além de 545 para os quais não obtivemos informações do governo que permitiriam buscas significativas, mas esperamos que o governo agora forneça essa informação”.

TOLERÂNCIA ZERO

A política de “tolerância zero” foi imposta por Donald Trump na fronteira dos EUA com México entre abril e junho de 2018, onde pais e filhos imigrantes sem documentos foram separados.

Antes de se estender por toda fronteira, a política de “tolerância zero” foi testada por Trump em um programa piloto em El Paso. A grande maioria das crianças mencionadas no e-mail obtido pela NBC News foram separadas durante este programa piloto, mas o total também inclui algumas crianças que foram separadas sob o “tolerância zero”.

BIDEN

O presidente eleito Joe Biden se comprometeu em montar uma força-tarefa do governo para reunir as famílias imigrantes que foram separadas pelo “tolerância zero” de Trump. Mas, segundo fontes do governo sobre imigração, Biden ainda não decidiu se os pais separados poderão ir aos Estados Unidos para verem seus filhos. 


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS