Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

ANTICORPOS

Imunidade contra a Covid-19 dura pelo menos quatro meses, aponta estudo

Pesquisadores acompanharam 39 famílias desde o início da pandemia do novo coronavírus

sexta-feira, 16/10/2020, 20:23 - Atualizado em 16/10/2020, 20:22 - Autor: Com informações do UOL


| Reprodução

De acordo com um estudo de pesquisadores do Instituto Nacional de Saúde e Bem-Estar da Finlândia (THL), os anticorpos dos pacientes que foram infectados pelo novo coronavírus ficam no organismo por, pelo menos, quatro meses. A análise pode ajudar a entender os casos de reinfecção pelo novo coronavírus. 

A pesquisa acompanhou 129 pessoas de 39 famílias diferentes, de março até o mês de outubro. Pelo menos um indivíduo em cada uma das famílias tinha confirmado a Covid-19 em testes RT-PCR.

Estado afirma que atual cenário da pandemia é estável e não há segunda onda de casos no Pará

A pesquisa mostrou que 63 das 64 pessoas que testaram positivo desenvolveram anticorpos durante o primeiro mês de infecção e que, além disso, outras 17 pessoas analisadas, cujos testes deram negativo, também apresentaram proteção contra a doença.

“Os resultados deste estudo confirmam a evidência de que os anticorpos produzidos após uma infecção natural e sua imunidade potencial durariam pelo menos quatro meses”, afirmou Merit Melin, diretora de pesquisa do THL, de acordo com informações da Agência EFE.

Os pesquisadores verificaram ainda que, embora a quantidade de anticorpos tenha entrado em queda com o passar do tempo, quatro meses depois da infecção quase todas as pessoas examinadas ainda tinham proteínas capazes de detectar o vírus e neutralizá-lo.

Cientistas já descreveram casos de reinfecções provocadas pelo novo coronavírus, no entanto, eles ainda são raros. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS