Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Notícias / Mundo-Notícias

CASO HISTÓRICO

Morre de leucemia a primeira pessoa curada do HIV no mundo

Timonthy Ray Brow passou a testar negativo para HIV há 13 anos, após realizar um tratamento para leucemia.

quarta-feira, 30/09/2020, 17:03 - Atualizado em 30/09/2020, 17:03 - Autor: FOLHAPRESS


Conhecido como "Paciente Berlim", Timothy morava na Califórnia, com seu companheiro.
Conhecido como "Paciente Berlim", Timothy morava na Califórnia, com seu companheiro. | Reprodução

Timothy Ray Brown, a primeira pessoa a ser curada da infecção pelo HIV, morreu nesta terça (29) em decorrência de leucemia, doença que motivou o tratamento histórico em 2008.

O anúncio foi feito pelo seu parceiro, Tim Hoeffgen, nas redes sociais. Brown recebia cuidados paliativos em sua casa em Palm Springs, na Califórnia, onde morava.

Para tratar a leucemia, há 13 anos ele recebeu um transplante de medula de um doador com um gene hereditário raro, associado à redução do risco de contrair HIV. Desde então, todos os testes para HIV foram negativos.

Apelidado de "o paciente de Berlim" (onde morava na época do transplante), Brown participava de conferências sobre a doença no mundo todo. Ele esteve no Brasil no ano passado para participar de uma convenção sobre o tema na USP.

Por anos, ele pensou estar curado também da leucemia, mas câncer voltou no fim do ano passado e se espalhou rapidamente.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, em abril do ano passado, ele disse que, às vezes, se sentia culpado pela cura do HIV, enquanto tantos outros ainda morrem pela doença.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS